Única brasileira participando da coletiva “Asia On My Mind” na aquabitArt gallery, Berlim, de 4 a 20 de agosto, a artista plástica Paula Klien segue trilhando com sucesso internacional sua recente carreira no circuito das artes visuais, depois de se consagrar no ramo da fotografia. 

— São telas de grande dimensão, monocromáticas e fluídas, pintadas com o nanquim milenar, em movimento orgânico. É uma vivência entre a espontaneidade e o controle, entre a ação e a não-ação, o visível e o invisível. As formas são imprevisíveis e sem limites. Sem bordas, são desdobramentos do acaso. Conceitualmente, minha pesquisa está no campo da arte e da espiritualidade, onde os processos são ferramentas de busca por transcendência, atemporalidade, silêncio e entrega — comentou Paula sobre as peças que irá expor.

...

Uma das curiosidades que vem a mente de qualquer um, é como que a artista chegou a ser reconhecida no exterior.

— Em 2005 fiz residência no KUNSTGUT – Academy of Fine Arts Berlin. Foi quando conheci a galerista a quem apresentei o trabalho que construí em 2016 no meu estúdio do Leblon. Voltei a Berlim para mostrar esse trabalho a ela, Irina Ilieva, que então me convidou para uma individual na aquabitArt gallery em fevereiro desse ano. Ganhei representação da galeria que, ainda esse ano já expos meu trabalho em agosto em sua coletiva intitulada Asia On My Mind e estará apresentando novamente em setembro, na Positions Berlin Art Fair. E quanto a Londres, ganhei apresentação solo na concorrida inscrição para a Start Art Fair na Saatchi Gallery — explicou Paula.

 

 

Saiba mais:

Seu ano prolífico - iniciado com a individual “Invisibilities”, na Augustrasse, referência no circuito de artes de Berlim, seguido por sua participação na Clio Art Fair (Nova Iorque) e na 26° edição da arteBA (Arte de Buenos Aires), pela galeria de arte Emma Thomas - será brindado ainda com mais duas exposições internacionais, simultaneamente, de 14 a 17 de Setembro: na SaatchiGallery, considerada uma das maiores e mais importantes galerias de arte de Londres, participando com cinco obras, sendo quatro inéditas; e novamente em Berlim, desta vez participando da Positions Berlin Art Fair, com três obras, sendo duas delas inéditas. O evento reunirá seletas galerias internacionais, as mais importantes da arte contemporânea e moderna do mundo.