Dirigido por Rodrigo Thuler, baterista da banda, e que está estreando no ramo da direção de clipes, o clipe de NINGUÉM É IGUAL A NINGUÉM traz imagens imagens escolhidas cuidadosamente de atletas, músicos, influenciadores e, claro, da banda. A produtora Dead Pixel também ajudou Rodrigo, enquanto que é a edição e finalização ficou nas mãos de Willer Carvalho.

O diretor do clipe explica como surgiu a ideia. “A Roks fez alguns shows no litoral norte de São Paulo e ficamos conhecidos na região. Muita gente que frequenta e mora por ali pega onda, anda de skate, ou seja, tem alguma ligação com esportes, e depois de nos conhecerem, começaram a dizer que a NINGUÉM É IGUAL A NINGUÉM tinha que ter um clipe com esse lifestyle, pois tinha tudo a ver.”

NINGUÉM É IGUAL A NINGUÉM faz parte do primeiro disco do grupo, DEPOIS DO FIM, lançado ainda em 2017.