Depois de se apresentar no Teatro Eva Herz, no Rio, sempre com casa cheia e elogios da crítica, em seguida no teatro Parlapatões, em São Paulo, o espetáculo “LÍVIA”, do angolanoLicínio Januário, que entra em cena para viver a emocionante trajetória de um casal da juventude à velhice, com colaboração de Sol Menezzes - indicada como melhor atriz revelação na temporada de São Paulo, pelo crítico Miguel Arcanjo em seu blog-, que também vive a protagonista do espetáculo, fará curta temporada do dia 03 a 12 de novembro, noTeatro Municipal Maria Clara Machado, na Gávea. Pela primeira vez, em sua nova temporada, o projeto apresentará oficinas, antes das apresentações, onde abordará às questões raciais, a cultura afro-brasileira, e o protagonismo negro.

ívia e Felipe, personagens criados por Januário, este no seu segundo mergulho em texto de dramaturgia – o primeiro foi “Todo menino é um rei”, ganhador Fomento Olímpico 2015, no Rio de Janeiro, e o rendeu o prêmio de melhor ator da 19ª Edição do Festival de teatro do Rio de Janeiro – percorrem diversas fases de suas vidas tomados por paixão, família, conflitos, escolhas, encontros e desencontros. O texto, que recebeu colaboração de Sol Menezzes, resultou no projeto, primeiro espetáculo oficial do Coletivo Preto, que propõe uma reflexão sobre como os nossos relacionamentos podem modificar e (re)definir  as nossas vidas.

SINOPSE:

Em que momento de nossas vidas fizemos as escolhas que nos trouxeram até aqui?” LÍVIA é um retrato poético da trajetória de uma mulher, tão simples e incrível quanto qualquer outra, que vê seus planos serem completamente alterados pelos acontecimentos que sua vida lhe impõe. O espetáculo acompanha a história do casal Lívia e Felipe, do início ao fim de suas vidas, propondo uma reflexão sobre como os nossos relacionamentos podem modificar e (re)definir a nossa vida. Nesta montagem dois atores percorrem diversas fases da vida das personagens e abordam de forma sensível e poética temas como paixão, família, memória, companheirismo e a transição para a vida adulta e velhice. Uma história de parceria e união impulsionada pelo fluxo inexorável do tempo.

 

 

Serviço:

Local: Teatro Municipal Maria Clara Machado – Planetário da Gávea

Endereço: Av. Padre Leonel Franca, 240 – Gávea

Temporada: De 03 a 12 de novembro

Horário: sexta e sábado às 21h, domingo às 20h

Valor: R$40,00 inteira, R$20,00 meia

Bilheteria: Quarta à domingo, de 14h às 22h, somente em dinheiro

Faixa etária: 14 anos

Duração: 60 min

 

(Texto da assessoria de imprensa)