Igreja que foi cenário do filme O PAGADOR DE PROMESSAS reabre após 16 anos

 

Quem gosta de cinema nacional, sabe o valor que teve o filme O PAGADOR DE PROMESSAS (1962), que foi o único a receber o prêmio de  Palma de Ouro no Festival de Cannes, e também foi indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro no ano de lançamento do longa.

O interessante e a novidade, é que a Igreja do Santíssimo Sacramento da Rua do Passo, no Centro Histórico de Salvador, onde foram gravadas várias cenas com o emblemático personagem Zé do Burro (Leonardo Villar), será reaberto ao público em geral depois de 16 anos. O local já havia sido tombado como patrimônio histórico e estava em um longo processo de restauração.

 

A igreja

O local foi construído em XVIII, e contempla 55 degraus aos seus pés, o que é chamado de Escadaria do Paço. É aí que parte da história se passa, quando o protagonista do filme tem que subir os degraus com uma grande cruz de madeira nas costas para finalizar a promessa feita em um terreiro de candomblé.

O filme ainda trás no enredo, o tema da intolerância religioso, que era um tabu na época, como ainda costuma ser hoje. Na trama, o Zé do Burro enfrenta a fúria e intolerância do Padre Olavo (Dionísio Azevedo), que a todo custo, tenta proibir que Zé entre em sua igreja devido ao fato de que sua promessa havia sido feita num terreiro.

 

Como vai ficar

Segundo um professor da Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia, a igreja começou a passar por problemas em sua estrutura nos últimos anos da década de 1990. O docente acredita que a reabertura do local pode dificultar a sua relação com os fiéis, já que está localizada num ambiente repleto de templos sagrados e históricos. 

 

 

(Fonte: Adoro Cinema)