Crédito: Almir Vargas

 

A mistura de densidade e leveza marcam o disco de estreia da cantora e compositora Luíza Boê. A mineira-capixaba radicada no Rio apresenta o lado mais denso do disco no clipe de LUA NOVA, dirigido por Marccela Moreno. O segundo vídeo do disco sucede COCOON, de atmosfera solar, que foi gravado pela mesma diretora. Os dois clipes tão opostos se complementam, e trazem uma sensação de totalidade do disco e da artista: “sou a Luíza Boê da leveza solar de ‘Cocoon’ e também da densidade lunar de ‘Lua Nova”, revela.

“A escolha de LUA NOVA como segundo clipe veio da vontade de trazer um outro lado do disco, que tem dia e noite, sol e lua, luz e sombra. As filmagens na água, as fases da lua no meu rosto, as projeções e as cores do clipe criaram um universo bem diferente de COCOON. Acho interessante surpreender as pessoas com uma aparente descontinuidade, mas existe uma linearidade, uma complementação. E é o que traz uma sensação de inteireza do meu disco e minha como artista e compositora”, explica a cantora.

 

 

(Texto da assessoria de imprensa)