O som que mistura o ritmo do maracatu e a rebeldia do rock, o manguebeat completa neste ano 25 primaveras. E mais: o maior ícone do movimento, Chico Science – que foi vocalista do Nação Zumbi - faria aniversário de 50 anos se ainda estivesse vivo, enquanto que o álbum “Afrociberdélia”, um dos principais do estilo musical foi lançado há 20 anos.

Por consequência das letras que criticavam principalmente o abandono econômico-social do mangue e da desigualdade na cidade de recife, e em outras cidades, o manguebeat ficou conhecido por ser um gênero que segue uma linha de contracultura, desde a década de 90, quando surgiu em Pernambuco até os dias atuais.

 

Conheça a baixo os 7 principais álbuns que marcaram a trajetória do movimento:

 

Nação Zumbi - "Da lama ao Caos" (1994)

 

Mundo Livre S/A - "Samba Esquema Noise" (1994)

 

Nação Zumbi - "Afrociberdelia" (1996)

 

Mestre Ambrósio - "Terceiro Samba" (2001)

 

Otto - "Samba pra burro" (1998)

 

Sheik Tosado - "Som de Caráter Urbano e de Salão" (1999)

 

Fique Peixe - "Querosene Jacaré" (2001)

 

 

Veja uma lista de bandas novas que estão dando continuidade ao trabalho de Science e dos demais já consagrados: