escritor2

 

Não é novidade para ninguém que lançar um livro no Brasil não é nada fácil. Pelo contrário, é muito difícil, ainda mais quando se trata de editoras grandes e escritores pouco conhecidos. Mas há quem tente driblar essa situação, que é o caso da jovem autora Rissa Rodrigues. Nascida em 1991, a escritora se aventurou no mundo independente de livros, fez lançamentos em plataformas como o wattpad, e em um blog na qual divulga suas crônicas e escritos.

— Meu blog foi meu primeiro passo para ser uma escritora independente, o WordPress foi minha primeira casa e de minhas crônicas, no Tumblr eu postava histórias maiores, vieram convites para criar histórias em fóruns em conjunto com outros escritores e quando percebi estava envolvida com esse mundo. Agora estou na plataforma Wattpad e posto minhas histórias lá, tenho mais de 100 seguidores e muitas ideias para publicar lá. — comentou Rissa.

Assim como a maioria, de início, a autora acreditava que seus livros fariam muito sucesso, e que as editoras iriam "brigar" para publicar seus títulos. Isso não aconteceu, mas no cenário independente, Rissa encontrou uma saída, principalmente quando se inspirou em seu pai, que tentou lançar um livro, porém com as grandes dificuldades acabou se tornando um escritor independente. Foi assim que Rissa descobriu que poderia alimentar seus sonhos através da internet.

Nesse meio, é preciso ser muito regrado, ou seja, seguir prazos impostos pelo próprio escritor, porque do contrário, é bem capaz que os escritos se percam e o tempo se torne algo sem lei. Rissa ainda fala que uma das partes boas de estar nessa "aventura" é que o contato com os leitores é mais próximo e forte, na qual, eles cobram histórias ou capítulos novos, fazem comentários, ruins ou bons.

— As vantagens são um contato mais direto com seus leitores, eles sentem mais liberdade em falar com você. Criar os seus próprios prazos e responder apenas suas ideias e aos leitores. Mas ao mesmo tempo é difícil se o escritor não for regrado quanto aos prazos que se impõem, é fácil se perder. — explicou.

Além de defender sua própria bandeira literária, Rissa ainda tenta ajudar outros escritores a divulgarem seus trabalhos. Um exemplo disso é a plataforma TheGroupWrites que Rissa e seu co-criador Thainan adimistram fazendo convites também a escritores iniciantes na intenção de ajuda-los a "serem lidos".

— Quando comecei na plataforma TheGroupWrites percebi o quanto era difícil para um escritor criar sua história em uma plataforma. Capas, capítulos, divulgação, é trabalhoso se quiser que leiam o que você escreve. A página que eu administro na plataforma é um convite para os escritores que não tem tempo para criar suas próprias páginas. — disse a autora.

Como já dito, ser uma escritora independente também abre portas para outras experiências. E foi exatamente isso que Rissa fez em uma banca - criada por ela mesma - na Avenida Paulista, onde havia um gravador, prancheta, tudo o que era necessário para captar narrações interessantes. A ideia surgiu porque Rissa queria começar um projeto de crônicas e precisava de histórias reais e variadas.

— Passei o dia todo lá esperando que as pessoas viessem contar suas histórias, achei que não daria certo, mas ao fim do dia eu tinha 25 histórias gravadas, histórias de todo tipo, foi uma experiência tão empolgante que realmente me senti uma escritora naquele dia. Estou com os arquivos guardados para serem publicados na hora certa. — contou.

 

 

Larissa RodriguesRissa Rodrigues, nascida em 8 de setembro de 1991. Jornalista e youtuber do canal Batom Nerd, o gosto por livros veio da avó materna e do pai, que já teve um livro publicado. Escritora a mais de dez anos, é blogueira de crônicas e escritora no wattpad. Criou o grupo TheGroupWrites para auxiliar novos escritores que não conseguiam publicar por conta própria.