Em uma livre adaptação do conto original Alice no País das Maravilhas, de Lewis CarrollChiquinho Nery criou Alice no País da Internet. O musical traz Heloísa Périssé como protagonista em uma interpretação especial ao lado das filhas Antonia (que interpreta a Coelha Falante) e Luísa (que interpreta a Rainha de Copas). Com realização da Opus Promoções e da AUI Cultural, a montagem chega ao Teatro Bradesco Rio para as últimas apresentações da temporada nos dias 11, 12, 18 e 19 de novembro, com sessões às 15h.

O musical mostra um universo repleto de aventuras, em que o público terá uma surpresa a cada momento. Desta vez, Alice não cai na toca de um coelho, mas dentro de um computador, onde ela começa uma incrível viagem pelo mundo da informática, repleta de efeitos especiais. A partir disso, o palco se transforma em um imenso monitor que abrigará personagens do conto original, como o Chapeleiro Maluco, interpretado pelo ator Sérgio Duarte.

Na sessão do dia 12 de novembro, excepcionalmente, Luísa não fará parte do elenco, pois estará envolvida em um compromisso escolar. Ela será substituída por Flávia Rodrigues, que interpretará a Rainha de Copas.

Há também novos integrantes na história, como o Vírus Virulino, interpretado por Cláudio Handrey, que promete destruir todos os programas do computador; e Bob Mouse, o mouse do computador, que dá início à essa aventura ao empurrar a pequena Alice para dentro do seu monitor, em encenação de Luciano Borges. Alice também conhecerá o Caipira “Espótifi”, interpretado pelo ator Rogério Freitas, que a levará para passear na partitura de O Trenzinho Caipira, magnífica composição de Heitor Villa-Lobos, a bordo de um trenzinho.

 

Os ingressos estão custando de R$ 25,00 a R$ 100,00.

 

(Texto da assessoria de imprensa)