O coletivo OS QUERIDOS DE GUILHERME, formado a partir de Oficinas Práticas de Teatro no Gabinete de Leitura Guilherme Araújo, localizado na casa onde o célebre empresário e produtor morou, em Ipanema, apresenta uma nova leitura dramatizada com um elenco inteiramente convidado.

 

Com direção de Daniel Dias, a peça “A Miss”, de Daniel Porto, será lida pelos atores Rose Abdallah, Caroline Ferreira e Rafael Siqueira no dia 17/10, terça-feira, às 20h.

 

“A Miss” conta a história de uma mãe ganhadora de um concurso de beleza em sua juventude, que almeja que sua filha seja uma Miss, mantendo a tradição da família. Mas seus sonhos começam a se transformar quando ela descobre que seu filho mais novo, e não a sua filha, é quem deseja honrar o nome da família nos concursos de beleza.  

Formado em História pela Universidade Federal Fluminense – UFF, Daniel Porto é natural do Rio de Janeiro. Para o teatro, escreveu a comédia “Acabou o Pó” e os  documentários cênicos “Volúpia da Cegueira” e “O Pastor” – sucesso de crítica e público, esta última figurou no ranking das melhores peças da revista Veja Rio e foi indicada ao prêmio, Botequim Cultural, na categoria melhor texto. No teatro infantil, adaptou o conto “O Duende Rumpelstiltskin”, de autoria dos irmãos Grimm, com direção de Daniel Dias da Silva, indicada pelo Guia da Folha de São Paulo como uma das melhores peças em cartaz.

Em 2016, Daniel Porto assina a dramaturgia do documentário cênico  sobre vida da transssexual “Lady Christiny”, uma história real,  com direção Maria Maya, quatro estrelas pela revista Veja Rio e entre as cinco mais do teatro carioca. Fez a pesquisa histórica de  e idealizador do projeto “Chica da Silva - O musical”, com direção de Gilberto Gawronski, prêmio Shell de melhor atriz 2017. Participou do Festival de Curitiba 2016 com uma adaptação da obra “O Pequeno Príncipe”, dirigida por Edson Bueno. O espetáculo “João e Maria – Um musical” marca a sua estreia na direção com texto da própria autoria. E estreia em 2017 uma adaptação da fábula de Esopo, “O Pastorzinho e as ovelhas”, como o título de “Pedro e o Lobo”.

Com este texto os QUERIDOS DE GUILHERME recebem pela segunda vez em seu espaço um elenco convidado para realizar uma leitura em meio ao ciclo de leituras dramatizadas das 17 peças de Nelson Rodrigues, que o coletivo realiza mensalmente no espaço desde abril de 2016.