Uma escritora de grande sensibilidade, amorosa e carinhosa. Com diversos trabalhos espalhados pelas redes sociais, Naan Angel conquistou o público com seu carinho e seu carisma, junto com palavras profundas e que ajudou bastante seus leitores. Naan Angel tem 23 anos e nasceu, em 18 de junho de 1994. Na cidade de Gama-DF, e hoje reside em Luziânia-GO. Idealizadora e escritora da página ‘’Poesia-me’’. Escreveu o livro com outros poetas e escritores, o livro da página 946-poesia, Da Via à Láctea.

 

 

Como tudo começou?

Bom, eu sempre gostei de tudo o que envolve arte, mas só comecei a escrever com 15 anos que foi onde eu me apaixonei pela escrita. Desde então nunca mais parei. Tem sido uma experiência muito incrível pra mim poder compartilhar com as pessoas as coisas que eu escrevo. A poesia já me ajudou em muitas coisas e poder retribuir isso escrevendo é uma sensação maravilhosa.

 

E teve algum momento em que você reparou o quanto a literatura foi e é importante na sua vida?

Assim, eu acredito que a Literatura é de extrema importância ao intelecto do ser humano. Ela te dá asas, te leva a mundos distantes, faz com que você se emocione, viaje num infinito conhecimento. Então, desde o momento que conheci todo esse universo da arte ela se tornou importante pra mim.

 

Se você pudesse mudar algo nesse mundo da literatura, o que você mudaria?

Então, se eu pudesse mudar gostaria que o ensino nas escolas sobre a Literatura fosse mais completo, sabe? Assim as pessoas poderiam aprender e conhecer mais a fundo tudo o que envolve arte.

 

Você fez uma participação no livro Da Via à Láctea, como foi essa experiência?

Foi uma experiência muito incrível pra mim, fiquei bem feliz de fazer parte de um projeto tão lindo e com pessoas que admiro muito o trabalho. Foi um sonho realizado.

 

Você tem planos para um livro solo?

Sim, pretendo lançar um livro solo no próximo ano. Estou muito ansiosa por isso, será mais uma conquista alcançada.

 

Naan, já tem alguma ideia em mente?

Tenho muitas coisas em mente, minha escrita tem mudado bastante e isso vai refletir nesse novo projeto. Então, posso te adiantar que será algo bem diferente do que costumo escrever.

 

A Naan fez um momento de liberdade escrita

Eu pensei que você era a minha luz, a pessoa que eu poderia mostrar toda a minha arte, mas eu me enganei. E agora, toda vez que lembro de você meu coração arde, minha alma pesa e os meus olhos ficam tristes. E dói em mim dizer isso de alguém que eu tanto amei.

 

E acabou me surpreendeu depois que fez o outro; Que sem perceber, acabou sendo uma grande resposta para ela mesma.

Você precisa continuar vivendo sua vida, correndo atrás dos seus sonhos e lutando por aquilo que acredita. Ninguém pode fazer isso por você.

 

 

Luan FH. Escritor, escorpiano, ama bandas indies brasileiras.

Escritor das páginas Recíproco e Um Rabisco e Um CAfé