Conecte-se conosco

Literatura

GOMYDE: UM BRASILEIRO COM UM LIVRO SURPREENDENTE! (LITERALMENTE)

Matheus Luzi

Publicado

em

 Crítica de Caio Carvalho.

 

UEUKDmYBlmhjb8hDhGDB0aqEznl-oKYO8X4p2HAh8lnbYX5u8Idfj

 

Um pouco sobre o livro (e sem spoilers)

Surpreendente é um drama-romance do brasileiro Maurício Gomyde lançado em 2015 pela Intrínseca. O livro conta a história de Pedro, um jovem diagnosticado com uma doença degenerativa na visão, que mais cedo ou mais tarde o deixaria cego, contudo a doença estanca em certo momento, o que consideraram um milagre, porém, a parte da doença não para por aí. Pedro é dono do último clube de cinema de São Paulo e trabalha como gerente de uma locadora numa periferia da cidade, APAIXONADO por cinema, ele acredita que filmes pode mudar uma vida, ou até o mundo. Em uma de suas manifestações no mundo cinematográfico conhece Cristal, forte candidata para (com a ajuda dos amigos Fit e Mayla) ajudar Pedro a realizar um sonho: ganhar um importante prêmio do cinema nacional – o Cacau de Ouro.

 

 

Resenha-Surpreendente-03

 

Criticando…

O livro é bem fluído, com capítulos pequenos, diálogos diretos (às vezes bestinhas até) e linguagem bem simples que faz com que os leitores devorem as 265 páginas rapidinho.

A escrita de Gomyde é altamente moderna, bem parecida com a dos queridinhos do público jovem norte-americanos como John Green, pois é impossível ler Surpreendente e não lembrar de A Culpa é das Estrelas e Cidades de Papel, ambos do autor já citado. Associamos os dois autores não só pela escrita em si, mas pelo próprio enredo da história, em que os acontecimentos se parecem muito, como as viagens, os diálogos do personagem principal com seus amigos e a tão falada, metáfora do Jogo da Velha. O estilo que mistura drama e romance também lembra Nicholas Sparks, que vive fazendo muitos chorarem com histórias dramáticas envolvendo doenças e um casal amoroso.

 

“A GENTE PRECISA CORRER RISCOS NA VIDA, E LEMBRE-SE QUE ELA É FEITA DE UM MONTE DE MOMENTOS ESQUECÍVEIS, ALTERNADOS POR POUQUÍSSIMOS INESQUECÍVEIS” p.74

 

O livro possui uma riqueza cultural incrível! Valorizando traços importantes do nosso Brasil, mas também citando diversos clássicos estrangeiros. A indicação de filmes é brilhante (inclusive quero aqui dizer que anotei todos) faz com que o leitor realmente vá atrás dos filmes, músicas e livros citados.

O autor usa diversos mecanismos que prende o leitor, são traços de mistérios, que são desvendados apenas no final da trama. A história possui um paradoxo com relação ao protagonista, Pedro: ora o jovem se encontra pronto pra enfrentar o mundo, ora é extremamente pessimista, que nos identificamos. O final sentimental de Gomyde quebra o traço de semelhança com os autores citados, que na minha modesta opinião deveria ter continuado de forma mais dramática, mas que não tira de forma alguma o talento e a genialidade de Maurício Gomyde.

Resumindo: prepara o tempo pra anotar as citações incríveis, e o lenço para enxugar as prováveis lágrimas. De 5 estrelas, 3,5.

“POUCAS PESSOAS SABEM COMO É SER SACANEADO DIA E NOITE, E PRECISEI APRENDER A RELAXAR. NÃO DÁ PRA BRIGAR CONTRA O MUNDO, E CONTRA A NATUREZA”

 

 

 

 

(Caio Carvalho)

Fundador e editor da Arte Brasileira. Jornalista por formação e amor. Apaixonado pelo Brasil e por seus grandes artistas.

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish