Conecte-se conosco

Música

[VEJA] Zélia Duncan faz a melhor resenha possível sobre o novo álbum de Pepeu Gomes

Matheus Luzi

Publicado

em

Foto: Divulgação

 

Saber que está chegando um álbum novinho em folha de Pepeu Gomes, já significa um alento danado pra nós, seus ouvintes sedentos. E isso não acontecia há dez anos! O tempo sai varrendo os dias tão rápido e também pelo fato de Pepeu ser um artista muito ativo, seus muitos feitos, incluindo a volta dos Novos Baianos, nos preencheram durante esse tempo. Mas agora vamos à forra, com essas onze faixas, que vão contar por onde ele tem andado.

Um álbum com muitas parcerias e muitos assuntos sonoros. Quem assina a produção é Kevin White, Cyro Telles, Filipe Pascual. Pepeu ficou com a direção musical. Sempre bem acompanhado, traz a sonoridade muito competentemente amarrada e a serviço das canções. Sua voz sempre clara e segura, coros bonitos, timbrados por ele mesmo e sua guitarra-alma, pra alinhavar nosso coração aos nossos ouvidos.

A abertura atende pelo nome de “SEXO FRÁGIL”, é assinada com Arnaldo Antunes e já expõe a alma roqueira e vibrante, que tanto identifica os dois artistas. E não à toa, abrem os trabalhos falando de nascer, renascer, retornar! “O eterno retorno desenha sua órbita no espaço”. O ambiente aquático da poesia nos convida ao mergulho.

Na segunda faixa, “AOS POUCOS”, outro titã do pop deixa sua marca na parceria. É a vez de Nando Reis. A introdução com uma melodia na ponta da guitarra, que depois se amacia não deixa dúvidas de que se trata de Pepeu. Um coro que abraça um forte refrão e da segunda vez já estamos repetindo: “sem luz não vejo, sem luz não vemos, não se iludam!” A mesma parceria acontece na sexta faixa, “ME FAZ SONHAR”.

“AMOR EM CONSTRUÇÃO”, parceria com uma galera, são eles: Fabio Trummer, Tiago Mago e Vivendo do Ócio, chega mais existencial e alegre, onde o amor que se constrói é o agora, nos movimentos da natureza e no bem-estar. Um jeito delicioso de pensar nos sentidos que conectam os seres vivos. Uma canção irresistível.

É na faixa “PORQUE EU TE AMO”, que a guitarra nos chama, num clima samba-reggae, letra de amor, que vai se diluindo num suingue delicioso, que é atravessado pela participação do rapper Harold Caribbean, artista caribenho, originário da ilha de Essequibo (costa inglesa do Caribe), parceiro de Pepeu e Filipe Pascual. Canção feita para um projeto intitulado Brasil Caribbean, no ano de 2000, que só agora foi registrada. Aumenta, que você vai querer dançar, ou no mínimo se balançar, onde quer que esteja.

“A PAZ SONHADA”, título sugestivo e necessário para os nossos dias, é assinada com o carioquíssimo Ivo Meirelles. Uma declaração de amor confessional, daquelas que sempre vão soar ao pé do nosso ouvido, como se fossem nossas. Efeitos percussivos amarram a faixa docemente.

Em “99 VEZES”, com Luiz Galvão, o assunto é fé, Deus, Einstein e o infinito, em meio a compassos compostos e melodia altamente convidativa, ela vai soando meio mântrica e leve. “TEMPESTADE”, balada mais introspectiva, com direito a cordas e piano, traz de novo Arnaldo Antunes e ainda Leo Casper na parceria.

“MONE”, a única assinada só por Pepeu, reflete bem a felicidade de um encontro raro e duradouro.

“NÃO MOVE NADA”, parceria com Zélia Duncan (vejam minha sorte!), feita há algum tempo e agora eternizada lindamente nesse álbum de novidades. Refrão matador. E mesmo sendo altamente suspeita, considero uma das faixas onde Pepeu mais desfila seu lindo timbre agudo só dele, que não perdeu nenhum harmônico ao longo do tempo. Aliás, sempre cantando intensamente, como o verdadeiro intérprete que é, cada canção.

Para encerrar a audição, outra bela balada, “JOSÉ”, parceria com Cyro Telles, deixa um rastro de esperança e guitarras…ah, Pepeu, com licença, vou começar tudo de novo! Afinal, é o que sua obra, sua voz, sua guitarra nos inspiram, o eterno retorno ao universo do seu som!

 

Por Zélia Duncan.

 

 

 

 

 

 

 

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish