Conecte-se conosco

Clipe

Carlinhos Brown lança clipe e escreve depoimento sobre suas experiências com o carnaval

Matheus Luzi

Publicado

em

Crédito: Ananda Drumond

 

Carlinhos Brown, comemora o carnaval com o lançamento do clipe de “O Que Seria (Carnavalesca)”. Com direção de Ananda Drumond, Ian Thomas e Lucas Lyrio, o clipe foi filmado em Salvador.

 

Agora, você confere na íntegra um depoimento do artista sobre suas experiências com o carnaval.

“Há 40 anos ingressei na maior festa da vida que é o carnaval como percussionista. Cinco anos depois tinha me transformado no percussionista mais requisitado da Bahia porque trazia a linguagem das ruas.

No estúdio WR, integrei a banda Acordes Verdes liderada por Luiz Caldas. Isso abriu uma possibilidade para mim e um leque de composições. Como compositor surpreendi a cena musical baiana, sobretudo por fazer músicas românticas de carnaval. Estas canções estouraram uma atrás da outra, seja na linguagem da paquera ou da aproximação social. Nos anos 1980, eu tinha 26 sucessos tocando simultaneamente nas rádios.

Depois fui tocar com Caetano, para quem escrevi ´Meia Lua Inteira´, e nunca mais parei. Participei dos primeiros discos de Sarajane, Daniela Mercury e Gerônimo, gravei e compus com Chiclete com Banana e Asa de Águia, dentre outros ilustres, que deu início a axé music.

Ganhei força e visibilidade no mercado, mas não deixei de fazer as minhas timbaladas românticas, que embalam o carnaval, aproximam e me dão um gosto danado. O axé é maior revolução rítmica e estética de carnaval dos últimos séculos e fico honrado de participar de tudo isso.

 Vou comemorar tudo isso no dia 2 de março, no carnaval de São Paulo. Com tantas músicas quentes é bom ter esse embalo romântico, que faz com que pessoas cantem, se abracem, se unam e se beijem. Adoro toda essa alegria e romantismo e assim celebro.” (Carlinhos Brown)

 

 

 

 

 

 

Fundador e editor da Arte Brasileira. Jornalista por formação e amor. Apaixonado pelo Brasil e por seus grandes artistas.

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish