Conecte-se conosco

Clipe

Banda Veja Luz e Geraldo Azevedo dão outros ares ao clássico “Dona da Minha Cabeça”

Matheus Luzi

Publicado

em

(Foto: Ana Carolina Moraes)

 

O termo forreggae se popularizou no início dos anos 2000, quando se notou a semelhança entre entre o padrão de batida da zabumba e a maneira como se toca o baixo nas canções de Bob Marley, Peter Tosh e todos os subsequentes. O neologismo nascido a partir da comunhão das palavras Forró e Reggae é o ritmo da canção “Dona da Minha Cabeça”, composição de Geraldo Azevedo e Fausto Nilo que agora a banda Veja Luz interpreta.

O vídeo é um registro que mostra o processo de produção da música e as trocas entre a banda de reggae e Geraldo Azevedo dentro do Estúdio Casa do Mato, no Rio de Janeiro. A letra de “Dona da Minha Cabeça” fala sobre  uma paixão arrebatadora por uma moça simples e deslumbrante, mas que pode ser interpretada também como uma homenagem à beleza feminina, num modo geral.

Com a faixa gravada entre São Paulo e Rio de Janeiro, a Veja Luz priorizou uma sonoridade que fosse tanto fiel ao gênero da banda (reggae) quanto a obra e musicalidade de Geraldo Azevedo, que soasse de forma bem orgânica e natural. Para isso, foi feita a escolha de mixar e masterizar em Kingston, capital da Jamaica, pelas mãos do engenheiro de som Gregory Morris, responsável por álbuns icônicos de Damian Marley “Welcome To Jamrock” até de artistas como Morgan Heritage, Chronixx, Protoje, entre outros.

 

 

 

 

 

 

Fundador e editor da Arte Brasileira. Jornalista por formação e amor. Apaixonado pelo Brasil e por seus grandes artistas.

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish