Conecte-se conosco

Entrevista

[ENTREVISTA] A dor e o amor são as inspirações de “Verdades Cítricas”, novo EP de Viktor Murer

Matheus Luzi

Publicado

em

(Capa do álbum)

 

Se você queria se aventurar num som gostoso, calmo e contagiante, “Verdades Cítricas” de Viktor Murer é um presentão!

O trabalho lançado neste mês, contém três faixas autorais, criadas a partir da dor e também do amor, como diz o próprio artista.

“De um modo geral, o EP resume o meu jeito de escrever”, diz o paulistano. “Minhas músicas são geralmente muito sentimentais, pessoais, vem de dentro mesmo. Para causar sensações, ou dar um ombro para quem passa por situações parecidas com as descritas nas letras.”

Nós gostamos muito da essência de “Verdades Cítricas”, e por isso, entrevistamos Viktor, e você confere essa entrevista a seguir.

 

 

O EP traz canções relaxantes, gostosas de se ouvir, e que em determinados momentos, se mostram mais fortes e intimistas. Essa vibe, de alguma forma, representa o seu lado pessoal?

Na verdade, acredito que essa vibe representa o que eu gosto de escutar atualmente. Mas representa a forma que gosto de escrever/compor.

 

Ainda nessa pergunta, o que você extraiu de você mesmo nesse EP? As canções parecem ter vindo da dor…

As canções desse EP são provenientes da dor e do amor também. São todas baseadas em relações interpessoais que eu vivenciei, e elas representam a minha visão sobre essas situações.

 

Particularmente falando, a canção “Raiz”, me agradou muito. O que na verdade, você quer dizer com a lyric dessa canção?

A arte utilizada no lyric vídeo é uma pintura feita por Bruno Malfatti, ele fez uma releitura de uma foto da Deborah Moreno, que fizemos pra promoção pro lançamento desse projeto.

 

Qual seria, de fato, o conceito do álbum? Tanto na questão poética como musical, as faixas parecem uma dialogar com a outra. Comente.

As faixas de fato dialogam uma com a outra, ao menos essa foi a intenção. Principalmente falando das duas últimas faixas, que possuem a mesma letra, porém abordam a mesma situação de maneira diferente, com outros pontos de vista.

 

Em quem você se inspirou para gravar esse EP?

Acredito que o artista que me inspirou a me aventurar em um projeto solo foi o Cassiano. O “Cedo ou Tarde” é um disco incrível que reuniu vários artistas, que possibilitaram que a genialidade do Cassiano ficasse evidente.

 

Você tem alguma história ou curiosidade interessante que queira nos contar?

Tenho uma curiosidade! Estamos trabalhando em um vídeo clipe para “Raiz”!  Não há uma data exata para lançamento mas o roteiro e a arte já estão bem encaminhadas.

 

Fique à vontade para falar algo que eu não perguntei e que você gostaria de ter dito.

No começo de junho vai sair um single novo! Espero que gostem.

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish