Conecte-se conosco

Literatura

5º Episódio da série “Clarice no País da Putaria” de Luan FH

Matheus Luzi

Publicado

em

 

Sucesso na internet e com dois livros escritos, ‘’Vou te desenhar em braile’’ e‘’Cigarette, sex and alcohol’’, o jovem escritor Luan FH se aventura ao escrever a série escrita “Clarice no País da Putaria”, inspirado em um livro de Clarice Lispector. O projeto foi apresentado com exclusividade pela Revista Arte Brasileira, com dez episódios sendo postados todos os dias no site do veículo. Quer saber mais: clique aqui.

 
5º EPISÓDIO – “O Encontro”

 

— Cheguei, cadê você?

— Olha para o seu lado direito, sentado atrás de uma barraca de acarajé. 
— Vi.
— Boa noite, tudo bem?
— Estou bem e você, legal?
— Bem melhor, sério mesmo.
— Vamos?
— Vamos. 
Encostamos num muro de frente à praia, o mar. Bom, vocês sabem né? Lua, mar, um clima bom demais. Ele realmente era como eu pensei e ainda mais quando começou a conversar, cada vez mais encantador. Bonito demais saber da intelectualidade desse rapaz.
— Por que escolheu logo aqui?
— Não sei, talvez por ser um lugar calmo.
— Mas passa muitas pessoas aqui diariamente. 
— As pessoas não incomodam, nem o barulho das conversas, podemos nos sentir vivo e ficar surdo para elas usando apenas a respiração.
— Como?
— Elimine toda distração da tua mente e verás.
— Não pensar em nada?
— Não, pensa sim. No som da chuva, mar.
— Entendi.
— Dá certo, vai por mim.
— É, talvez.
— Você realmente está linda. Tanto quanto a lua.
— Virou poeta foi?
— Quem dera eu.
— Obrigada, você está maravilhoso.
— Que isso, gentileza sua. 
— Vai trabalhar amanhã?
— Não. 
— Quer ir naquele restaurante? Podemos comer algo e beber vinho.
— O plano era outro, não? Existem regras.
— É, o plano era, mas não significa que não podemos mudar, não? As regras quem ditam somos nós. 
— Justo.
E acabamos mudando o plano, engraçado não é? Tudo bem. Vou me deixar levar, vai vida, me leva. Eu estou arriscando tudo, joguei todas as moedas do bolso, agora é só esperar o resultado. Uma transa e adeus ou uma vida de casamento? Vamos ver agora. Ele parece muito educado e eu espero que não seja mais um babaca que passa pela minha vida e deixa um rastro horrível de infelicidade. É, odeio isso.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Fundador e editor da Arte Brasileira. Jornalista por formação e amor. Apaixonado pelo Brasil e por seus grandes artistas.

Continue Reading
1 Comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish