Conecte-se conosco

Música

Felipe Wander lança carreira solo banhado ao Rock, Baião e MPB

Matheus Luzi

Publicado

em

“Imbu”. Este é o nome do single de estreia de Felipe Wander. A faixa pauta a força do povo nordestino enquanto mistura MPB, rock e baião. Desta forma, nomes como Cidadão Instigado, Elomar, Matingueiros e Quinteto Armorial foram inspiração para o cantor durante a produção da faixa.

O lançamento é realizado através da Trinca de Selos, que é uma parceria entre a Brechó Discos, a BigBross Records e o São Rock Discos. As sessões de gravação ocorreram no Totem Estúdio, em Fortaleza (CE). Na ocasião, a obra obteve produção artística de Daniel Medina. Já a produção musical ficou a cargo de Bruno Rafael. Por fim, Yuri Kalil e Felipe Tichauer, respectivamente, assinam a mixagem e a masterização.

Segundo Felipe, “Imbu” trata-se de uma referência direta ao escritor Euclides da Cunha. 

“Ele define o imbuzeiro como a ‘árvore sagrada do sertão’, já que o mesmo dá um fruto que serve de alimento à todos os seres vivos da caatinga, sendo importante tanto para os humanos, quanto para os répteis e insetos. Ou seja, trata-se da representação da força da natureza, que é sagrada e nos ensina a ter força e sensibilidade. Isso é essencial para a nossa vivência diante da intolerância do mundo contemporâneo”, frisou.

O músico ainda destaca que a canção ressalta a força do povo nordestino. “Condensamos a nossa cultura entre as alegrias e tristezas da vida. Quem vive aqui, é naturalmente munido dessa resistência – que funciona como um elemento de alquimia para as liberdades coletivas e individuais”.

UM POUCO SOBRE O ARTISTA

Natural de Senhor do Bonfim (BA), Felipe Wander é mais conhecido como baixista e vocalista da Sanitário Sexy. Com a banda, o músico lançou os álbuns “Metáfora” (2014) e Eu “Vou Me Comer” (2017). Atualmente, Felipe reside em Natal (RN) e divide-se entre a banda e o projeto solo, sendo que ambos obtêm previsão para novos lançamentos. 

  • Texto da assessoria de imprensa.
EnglishPortugueseSpanish