21 de maio de 2024
Álbum Lançamento Música

Joice Terra e seu universo “De(Vagar)”, um show sem barreiras

A cantora e compositora mineira Joice Terra iniciou sua trajetória fonográfica em 2017, ao apresentar um EP homônimo. No entanto, parece que essa “estreia” se completa somente agora com a chegada do registro do show ao vivo do seu primeiro disco, o delicado e íntimo “De(Vagar)”.

De nove faias, quase todas compostas por Joice, o que também crava sua revelação enquanto compositora, o álbum é do tipo que beija e abraça a boa música brasileira, e que se atenta ao que há de bom no clássico e no novo. As características ímpares de “De(Vagar)” são, agora, visíveis à todos numa versão ao vivo, gravada em um estúdio paulistano, sem que o “ao vivo” torne “De(Vagar)” tão diferente daquele presente nas plataformas de áudio.

O vídeo que intensifica o caráter simples de “De(Vagar)” é carregado por vários elementos que o ilustram além do que a percepção poética e sonora poderiam revelar. Joice recebeu no estúdio de filmagem vários artistas, inclusive, fez um dueto com sua irmã Pamela na música “Pequena”, que é uma homenagem à mãe Cristina. O cenário também foi adaptado, com criatividade demasiada e livre que permitiu ambientar até mesmo as faixas originadas do seio familiar de Joice.

Disponível no Youtube desde o dia 1º de setembro, a gravação é fruto da parceria, vamos assim dizer, com o ProAC, edital concorrido entre os artistas. Joice inscreveu este projeto (mas não só esse) em 2021. Nas linhas do que ela submeteu ao edital, estavam também outras ideias, como oficinas e show, ambos destinados ao público em geral, de forma gratuita.

A registro do show sucedeu três importantes ações da mineira. O primeiro foi a realização de um show gratuito no Teatro Municipal de São Sebastião, cidade do litoral de São Paulo onde ela reside atualmente. Depois, Joice realizou a oficina “Cantar, compor e empreender: desafios e oportunidades para mulheres na carreira musical”, que teve como intuito instruir o público (principalmente feminino) a seguir a carreira musical. Já pelo SESC Avenida Paulista, ao lado do seu companheiro artístico, Peter Mesquita, apresentou em duas ocasiões o show “Contrabaixo e Voz em Prosa”, no qual colocou em cena sua voz acompanhada apenas pelo contrabaixo de Peter.

QUEM É JOICE TERRA?

Mineira radicada no litoral norte de São Paulo, Joice é cantora, compositora, pesquisadora musical e professora de música. Estudou História da Música Popular Brasileira em cursos com Ivan Vilela e na UNIS-MG, participou de inúmeras Ongs e projetos (Ensina Brasil, Despertar, Fundação Educacional e Cultural de São Sebastião, Cantinhos: transformando com arte), e atuou na coordenação e como docente no projeto Musicalizando, na Universidade Federal Itajubá em Minas Gerais.

Cantando, Joice realizou apresentações em projetos como SESC Minas ao Luar, SESC Contos, Viola das Gerais e Festival América do Sul Pantanal. Também foi convidada para participar da gravação do DVD da Orquestra de Violeiros de São Lourenço.

Joice recebeu vários prêmios em diversos festivais pelo Brasil, e seu trabalho autoral foi selecionado para o maior Festival Online da América Latina (Festival Up) e para o prêmio Funarte RespirArte.

Recentemente, Joice lançou seu disco de estreia, “De(Vagar)”, e se prepara para turnê em São Paulo e Rio de Janeiro.

FAIXA A FAIXA

TEM QUE Foi a última música a entrar no álbum e foi escolhida para ser a abertura, porque é uma canção que brinca com os extremos dos momentos da vida e que faz uma crítica à perfeição imposta o tempo todo na sociedade e tão vista nas redes sociais. Composição de Joice Terra com um arranjo diferenciado em violino e contrabaixo acústico.

LEVEZAMúsica que foi bastante importante na carreira de Joice Terra porque faz um marco entre a intérprete e compositora. Leveza se contrapõe com o sombrio da primeira faixa, trazendo uma mensagem de busca de se conhecer para conhecer o outro.

PEQUENATanto “Pequena”  como a próxima faixa “Menino”, compõem uma parte do disco que Joice Terra chama de “Criação”, porque são músicas que fazem referência a sua história de vida e de seus familiares. “Pequena” é uma música que Joice fez em homenagem à sua mãe Cristina, empregada doméstica, que é de origem humilde, teve uma história de vida difícil tendo que cuidar muito cedo de suas irmãs, começando a trabalhar apenas com 8 anos de idade e sendo mãe com apenas 17 anos. Uma mulher muito forte e inspiradora para Joice e suas irmãs Pamela e Jaciara. Tanto que nessa música Joice conta com a participação de sua irmã Pamela Cham cantando. 

MENINO – Música em que Joice homenageia seu pai José, pedreiro e que também passou por momentos difíceis na vida, mas que nunca perdeu o sorriso. Aqui e na música “Pequena”, a artista relembra suas raízes e entende o quanto tudo isso foi importante para que ela desenvolvesse a sensibilidade artística e humana que tem. 

LONJURA – Em “Lonjura”, Joice Terra aproveita a mensagem de otimismo que seu pai traz na música anterior e caminha para uma música alegre, um coco dançante que conta uma história de amor que começou à distância, no arranjo inusitado de 2 contrabaixos, um pandeiro e um piano.

MUDA A DANÇA – Música que traz a reflexão sobre a inconstância da vida e as possibilidades de lugares inesperados. Nessa música o parceiro de composição Peter Mesquita, também faz uma participação cantando com Joice. 

MINHA SORTE – Trazendo o tema azar e muito batuque para o álbum, “Minha Sorte” é uma música cheia de força em que a artista abre com um texto de sua autoria chamado “Sorte, você tem?”. Uma das poucas do álbum em que Joice não tem parceria na composição, “Minha Sorte” é do casal Rita Altério e Rafael Altério e que a artista conheceu em uma visita na Gargolândia, estúdio do casal.

DE(VAGAR) – Música que dá nome ao álbum, de(vagar)  de tentar ir mais lento, mesmo em uma sociedade tão acelerada e de vagar de seguir caminhando e aceitar que esses caminhos podem nos levar a lugares inesperados. Nessa música, a artista traz na sonoridade a influência de sua terra natal, Minas Gerais.

ACALMA O TEMPO – Para encerrar o álbum a artista escolheu “acalma o tempo”, música que traz calma, como o próprio nome diz , mas que tem uma mensagem forte de coragem. Nessa música, o artista contou com a participação de dois músicos argentinos no piano e percussão. 

FICHA TÉCNICA DO SHOW

1. TEM QUE

Composição: Joice Terra

Joice Terra: Voz

Peter Mesquita: arranjo, contrabaixo acústico e mixagem

Maria Fê: violino

Felipe Castelo: engenheiro de gravação

Luis Lopes: engenheiro de gravação e masterização 

Estúdio Koletiv

Bola de Meia Filmes: captação de imagens:

Chrys Galante: Direção de fotografia, edição e câmera

Bruno Marques: câmera

Leo Campos: assistente câmera

Jaci Silva – produtora executiva e de campo

Marcos Mossi – auxiliar de estúdio

Artur Cesar – roadie

2. LEVEZA

Composição: Joice Terra e Peter Mesquita

Joice Terra: voz

Peter Mesquita: arranjo, contrabaixo elétrico e mixagem

Renato Anesi: viola caipira

Gustavo Costa: violão

Kabé Pinheiro: percussão

Felipe Castelo: engenheiro de gravação

Luis Lopes: engenheiro de gravação e masterização 

Estúdio Koletiv

Bola de Meia Filmes: captação de imagens:

Chrys Galante: Direção de fotografia, edição e câmera

Bruno Marques: câmera

Leo Campos: assistente câmera

Jaci Silva – produtora executiva e de campo

Marcos Mossi – auxiliar de estúdio

Artur Cesar – roadie

3. PEQUENA

Composição: Joice Terra

Joice Terra: voz

Pamela Cham: voz

Peter Mesquita: arranjo, contrabaixo elétrico e mixagem

Gustavo Costa: violão

Kabé Pinheiro: percussão

Fábio Leandro: teclado/rhodes

Felipe Castelo: engenheiro de gravação

Luis Lopes: engenheiro de gravação e masterização 

Estúdio Koletiv

Bola de Meia Filmes: captação de imagens:

Chrys Galante: Direção de fotografia, edição e câmera

Bruno Marques: câmera

Leo Campos: assistente câmera

Jaci Silva – produtora executiva e de campo

Marcos Mossi – auxiliar de estúdio

Artur Cesar – roadie

4. MENINO

Composição: Joice Terra e Peter Mesquita

Joice Terra: voz

Peter Mesquita: arranjo, vocais, contrabaixo elétrico e acústico e mixagem

Gustavo Costa: violão

Fábio Leandro: teclado/rhodes

Kabé Pinheiro: percussão

Felipe Castelo: engenheiro de gravação

Luis Lopes: engenheiro de gravação e masterização 

Estúdio Koletiv

Bola de Meia Filmes: captação de imagens:

Chrys Galante: Direção de fotografia, edição e câmera

Bruno Marques: câmera

Leo Campos: assistente câmera

Jaci Silva – produtora executiva e de campo

Marcos Mossi – auxiliar de estúdio

Artur Cesar – roadie

5. LONJURA

Composição: Gabriel Peri e Peter Mesquita

Joice Terra: voz

Peter Mesquita: arranjo, contrabaixo elétrico e mixagem

Fábio Leandro: teclado/rhodes

Kabé Pinheiro: pandeiro

Felipe Castelo: engenheiro de gravação

Luis Lopes: engenheiro de gravação e masterização 

Estúdio Koletiv

Bola de Meia Filmes: captação de imagens:

Chrys Galante: Direção de fotografia, edição e câmera

Bruno Marques: câmera

Leo Campos: assistente câmera

Jaci Silva – produtora executiva e de campo

Marcos Mossi – auxiliar de estúdio

Artur Cesar – roadie

6. MUDA A DANÇA

Composição: Joice Terra e Peter Mesquita

Peter Mesquita: voz, arranjo, contrabaixo elétrico, percussão vocal e mixagem

Gustavo Costa: violão

Fábio Leandro: teclado/rhodes

Felipe Castelo: engenheiro de gravação

Luis Lopes: engenheiro de gravação e masterização 

Estúdio Koletiv

Bola de Meia Filmes: captação de imagens:

Chrys Galante: Direção de fotografia, edição e câmera

Bruno Marques: câmera

Leo Campos: assistente câmera

Jaci Silva – produtora executiva e de campo

Marcos Mossi – auxiliar de estúdio

Artur Cesar – roadie

7. MINHA SORTE

Composição: Rafael Altério e Rita Altério

Joice Terra: voz

Peter Mesquita: arranjo, contrabaixo elétrico e mixagem

Gustavo Costa: violão

Kabé Pinheiro: percussão

Fábio Leandro:teclado/rhodes

Felipe Castelo: engenheiro de gravação

Luis Lopes: engenheiro de gravação e masterização 

Estúdio Koletiv

Bola de Meia Filmes: captação de imagens:

Chrys Galante: Direção de fotografia, edição e câmera

Bruno Marques: câmera

Leo Campos: assistente câmera

Jaci Silva – produtora executiva e de campo

Marcos Mossi – auxiliar de estúdio

Artur Cesar – roadie

8. DE(VAGAR)

Composição: Joice Terra e Peter Mesquita

Joice Terra: voz

Peter Mesquita: arranjo,vocais, contrabaixo elétrico e mixagem

Gustavo Costa: viola caipira

Kabé Pinheiro: percussão

Felipe Castelo: engenheiro de gravação

Luis Lopes: engenheiro de gravação e masterização 

Estúdio Koletiv

Bola de Meia Filmes: captação de imagens:

Chrys Galante: Direção de fotografia, edição e câmera

Bruno Marques: câmera

Leo Campos: assistente câmera

Jaci Silva – produtora executiva e de campo

Marcos Mossi – auxiliar de estúdio

Artur Cesar – roadie

9. ACALMA O TEMPO

Composição: Peter Mesquita e Thomás Meira

Joice Terra: voz

Peter Mesquita: arranjo, contrabaixo acústico e mixagem

Fábio Leandro: teclado/rhodes

Felipe Castelo: engenheiro de gravação

Luis Lopes: engenheiro de gravação e masterização 

Estúdio Koletiv

Bola de Meia Filmes: captação de imagens:

Chrys Galante: Direção de fotografia, edição e câmera

Bruno Marques: câmera

Leo Campos: assistente câmera

Jaci Silva – produtora executiva e de campo

Marcos Mossi – auxiliar de estúdio

Artur Cesar – roadie

SIGA JOICE TERRA

Instagram: https://www.instagram.com/joiceterraoficial/

Facebook: https://www.facebook.com/joiceterraoficial

Tik Tok: https://www.tiktok.com/@joiceterraoficial

administrator
Fundador e editor da Arte Brasileira. Jornalista por formação e amor. Apaixonado pelo Brasil e por seus grandes artistas.