23 de julho de 2024
Além da BR

A destruição da Terra é a inspiração de Alexander Grandjean na canção prol-natureza “Babylon”

O cantor e compositor folk dinamarquês e seu amigo de Nashville, Evan Gibb, escreveram uma canção, mas é mais interessante chamarmo-la de obra-prima. Não é um exagero falar desta forma sobre “Babylon”, que chega agora às plataformas de streaming e é o segundo single revelado do próximo álbum de Alexander Grandjean, previsto para o próximo outono. A música, que tem produção musical do próprio Grandjean e mixagem de Joel Krozer, se debruça sobre a decadência, mas de uma maneira ampla, atingindo todas as suas formas.

Segundo Alexander, “Babylon” fala sobre a destruição do planeta pelo homem, seu próprio morador, e, como detém o monopólio da razão, deveria ser ele o zelador, não o destruidor. “[a música] Fala sobre fechar os olhos e desejar voltar para onde pertencemos, onde os jardins estão pendurados como a Babilônia. Quem contará nossa história quando tivermos partido, Babilônia?”.

O artista ainda pontua: “Acho que as distrações e a ansiedade ficaram um pouco fora de controle. Estou aqui para desacelerar as coisas e lembrar a mim mesmo e a todos que precisamos encontrar maneiras de viver de forma mais harmoniosa e em sincronia com a natureza.”

Se as demais faixas do álbum porvir “Young Man Why You Walking So Fast” forem intensas como esta, será como dar um beijo apaixonado, um lançamento de bilhar os olhos!

administrator
Fundador e editor da Arte Brasileira. Jornalista por formação e amor. Apaixonado pelo Brasil e por seus grandes artistas.