18 de julho de 2024
Além da BR

“O amor não está morto”, diz integrante da Sixelle sobre música na qual personagem é elogiada como a deusa grega ‘Pallas Athena’ pelo narrador

Banda: Sixelle Pallas (Alemanha)

Lançamento: single “Athena”

Compositores: Fabian Appel, Jannik Rau, Leonard Reichhuber, Nicolas Zellner, Tim Donhauser, Vincent Süßmeier

Selo/gravadora: Headquarter Records

Ano de lançamento: 2024

Em resumo, o que é esta música?
[resposta de Jannik] Esta música é uma canção de amor romântica mas dolorosa, que teve origem em 2022 e que foi bastante alterada e rearranjada. É sobre uma mulher que é elogiada como a deusa grega ‘Pallas Athena’ pelo narrador. O coração da canção e a ideia original, no entanto, era o riff da guitarra.

O que esta música diz ao mundo?
[resposta de Vincent] O amor não está morto! É bonito, eletrizante, doloroso, eufórico e triste, mas não está morto.

Como e por que a música surgiu? 
[resposta de Tim] Tal como o Jannik disse, a canção teve origem num riff de guitarra melódico e animador. Nessa altura, no final de 2022, apaixonei-me na Argentina e ela era simplesmente fantástica. Inteligente e bonita ao mesmo tempo. Por isso, decidi chamar à canção (que até então era apenas o riff da guitarra) “Pallas Athena”, a deusa grega da sabedoria. Eu disse ao nosso vocalista Vincent que esta seria uma música romântica, então ele criou uma letra forte e emocional e todos nós ficamos convencidos instantaneamente. Depois de tocar a música ao vivo muitas vezes, estamos super felizes por finalmente a lançar.

Musicalmente, o que vocês trouxeram de importante dentro do rock?
[resposta de Leo] Essa é uma boa pergunta! Muitas vezes perguntamo-nos que tipo de música estamos realmente a fazer. Será punk, hard rock, pop rock, indie rock? Não conseguimos sempre ter uma resposta definitiva. Acho que o que define o nosso som são as muitas influências diferentes de Sum 41, ACDC, Megadeth, Pink, mas também alguns rappers alemães que provavelmente não conheces, como Haftbefehl (ouve-o, não te vais arrepender). O resultado é algo que não podemos categorizar, mas esperamos que seja algo único que torne os riffs de metal mais acessíveis, dando-lhes algumas influências pop.

O que esta música diz sobre seu país, a Alemanha?

[resposta de Fabi] Que os alemães não são tão emocionalmente indisponíveis como o mundo inteiro pensa.

Há alguma curiosidade sobre este lançamento que você queira destacar?

[resposta de Leo] Com o lançamento de “Pallas Athena”, anunciamos também o nosso próximo álbum de estreia, que será lançado este verão. Estamos muito entusiasmados com isto, pois trabalhámos nele durante mais de um ano. O trabalho que fizemos valeu totalmente o resultado que obtivemos. Se gostam de “Pallas Athena”, juntem-se a nós na nossa viagem e encontrem-nos em praticamente todas as plataformas de redes sociais. Muito obrigado por esta entrevista, querida equipe da Revista Arte Brasileira!

Letra de “Pallas Athena”

Estrofe 1:
Meus pensamentos começam a se aguçar, finalmente uma mente clara.
Quando você olha para mim, tudo parece certo.
Minhas mãos tremem, o calor se acumula por dentro.
Esse sentimento não é identificado

Refrão:
Youre a thousand miles away,
e me deixou sozinho.
(Im) Voltando para casa, para um quarto vazio, seu cheiro ainda está em minhas roupas.
Sem você, este mundo parece tão frio,
Vou precisar de uma pele mais grossa,
para não deixar nenhum desses sentimentos entrar.

Estrofe 2:
Nothing Fells like when Im with you,
Tentando esconder a dor,
Batendo nele preto e azul.
So many questions but I’ve never asked
Acho que é hora de seguir em frente,
E deixar essa merda no passado.
Todo o meu coração pertencia a você,
Eu era ingênuo, pensei que você me amava também.

Refrão:
Youre a thousand miles away,
e me deixou sozinho.
(Im) Voltando para casa, para um quarto vazio, seu cheiro ainda está em minhas roupas.
Sem você, este mundo parece tão frio,
Vou precisar de uma pele mais grossa,
para não deixar nenhum desses sentimentos entrar.

Ponte:
Seu coração é frio
You’re cold (Você é frio)

Estrofe 3:
Estou deixando a ganância me corromper
Em desespero de memórias quebradas
Mas quem sou eu para culpar?
Essa raiva é tão pesada que eu quero respirar novamente

Refrão:
Youre a thousand miles away,
e me deixou sozinho.
(Im) Coming home, to an empty room your scent still laying on my clothes.
Sem você, este mundo parece tão frio,
Vou precisar de uma pele mais grossa,
para não deixar nenhum desses sentimentos entrar.

Traduzido com DeepL Translate

administrator
Fundador e editor da Arte Brasileira. Jornalista por formação e amor. Apaixonado pelo Brasil e por seus grandes artistas.