Conecte-se conosco

Música

MPB – Andréa Montezuma lança single composto por ela e outras três mulheres

Publicado

em

Capa do lançamento (Arte e foto de Giza Crispi)

Andréa Montezuma é um nome do cenário artístico nacional que já coleciona muitas conquistas: discos, festivais, parcerias e muitos shows. Carioca nascida no bairro Jacarepaguá, ela é uma cantora e compositora vivida e experiente, mas que vez ou outra resolve “mudar de nome”.

Na verdade, essa é uma pequena brincadeira para apresentar o seu novo single, que foi lançado pelo selo Vitrola Play, e que foi intitulado como “Muda Meu Nome”, uma canção composta por quatro mulheres: a própria Andréa, Isabella Taviani, Giza Crispi e Mylena. Na letra, as autoras são libertárias e abrem espaço para um novo mundo, um novo encontro, um “novo nome” para se dar para a vida.

Existencial (mas que passa longe do pessimismo), a música vai de encontro ao que Andréa ama, a música brasileira e todas as suas nuances. Portanto, não seria muito exagero dizer que “Muda Meu Nome” é sim um fragmento lindíssimo da nossa música popular, popular de um país tão rico, assim como a discografia da artista, que totaliza quatro discos.

Essa novidade é, no entanto, uma parte desse montante que é sua vida. Essa trajetória se iniciou nos anos 1980, quando ela se aventurou em tocar nos barzinhos do Rio, mas, claro, sem muita expressividade. Com o tempo, se aproximou mais de situações maiores, e em 1995, recebeu o título de “Melhor Intérprete” no Festival Canção do Rio. Esse acontecimento foi marcante para ela, já que a despertou para outros festivais (dos quais também se saiu bem) e a colocou numa posição interessante como artista.

Em sua carreira solo, desde então, também como compositora, Andréa nunca escondeu suas paixões, seus amores, suas verdades, algo intacto em suas letras e até na forma de cantar. Porém, ela teve a oportunidade de migrar para outros lados musicais, quando, em 2009, recebeu o convite para integrar a banda Sempre Livre, um dos sucessos nos 80.

Todos os álbuns, singles e clipes de Andréa estão disponíveis no universo digital, tal como Spotify, Deezer, Youtube, entre outros. Vale dizer (para finalizar nossa reportagem) que “Muda Meu Nome” foi produzido por ela em parceria com Léo Fabbri que fez o arranjo base, e o arranjo de metais são de Jorjão Carvalho. O restante da ficha técnica você confere a seguir.

Vinicius Giffoni / Divulgação

LETRA  

Muda meu nome

Faz tanto tempo que eu tento

E sem contento já não quero mais

Nenhum indício desse vício

Eu quero subir esta cortina

Trocar de rotina, descer dessa altura

Que me enclausura

Eu quero amar indecentemente

Deixar fluir o que me acende

Como água corrente

Com unhas e dentes

Não morro de fome

O amor me consome

Mata minha sede

Me prende em sua rede

Muda meu nome

Te quero de graça

Não só uma lasca

Muda meu nome

FICHA TÉCNICA

Composição: Andréa Montezuma, Isabella Taviani, Giza Crispi, Mylena

Arranjos de base, programação, violões, guitarra e baixo: Léo Fabbri

Teclados: Paulo Lacerda

Voz e gaita: Andréa Montezuma

Arranjo de Metais: Jorjão Carvalho

Sax e backing-vocal: Andrax

Trombone: Marcos Santos

Produção musical: Andréa Montezuma, Léo Fabbri

Selo: Vitrola Play

MAIS SOBRE ANDRÉA MONTEZUMA

Nascida no Rio de Janeiro, onde reside atualmente, a cantora coleciona, em carreira solo, 3 singles, 3 clipes e 4 discos. Todos esses lançamentos são de uma artista que ganhou grande reconhecimento nos palcos, em festivais de música, e nos estúdios.

Além do já mencionado Festival Canção do Rio, e muitos outros, podemos destacar o seu brilho no Festival Seis e Meia, o que a posicionou no terceiro lugar na categoria “Cantora”, e no Festival A Grande Chance, como um dos destaques. “A partir de então, minha vida mudou; conheci grandes cantores, músicos, e alguns viraram parceiros.”

Nesse mesmo período, Andréa passou a integrar o elenco fixo do Vinicius Bar, uma casa de Bossa Nova muito conceituada em Ipanema. Nesse local, frequentavam grandes nomes da música nacional, como Baden Powell, Carlos Lira, Angela Ro Ro, dentre outros, assim como turistas de todo mundo “Acabei sendo inserida no time da Bossa Nova”.

EnglishPortugueseSpanish