Conecte-se conosco

Música

Biografia de Danilo Martire

Matheus Luzi

Publicado

em

(Divulgação)

Danilo Martire é cantor, compositor e instrumentista brasileiro há mais de duas décadas trabalhando profissionalmente no mercado da música nacional. Passou pelas bandas paulistanas Balls e Delta Crucis e, em 2019, decidiu seguir carreira solo.

BIOGRAFIA

Danilo Martire Caciavilani nasceu em São Paulo (SP), no dia 4 de novembro de 1972. Conheceu a música ainda na infância quando na escola, teve a oportunidade de tocar trompete, primeiro instrumento que, mais tarde, abriria portas para outros como o violão e o piano. Já no início da adolescência, um professor destacou sua voz, dizendo que Danilo deveria investir nela. Com o incentivo, o jovem aspirante à música procurou um mestre de canto e, então, nunca mais parou de estudar e cantar.

No mesmo período motivado e inspirado pelo Hard Rock, Danilo sentiu-se preparado para integrar bandas de rock autorais. Participou de várias delas que não levaram muito tempo a se desfazerem. Garantindo uma boa experiência de palcos e vivência entre músicos, Danilo se aventurou em mais bandas. Dessa vez, tocou com grupos covers em barzinhos, ao longo de mais de cinco anos tocando em casas noturnas da capital paulista.

Contudo, Danilo sentia que seu sonho de cantar e tocar suas próprias músicas falava mais alto. Assim, ele abandonou o projeto de bandas covers para assumir outros grupos com interesses de músicas autorais. Entre várias tentativas, o músico encontrou estabilidade e empatia na banda Balls. Com ela, lançou dois CDs, três videoclipes e o marco mais importante: a banda se apresentou no Lollapallooza em 2012, show de abertura para a consagrada Foo Fighters. Devido a discordâncias estéticas e técnicas, Danilo deixou o grupo.

A partir de então, Danilo se distanciou de qualquer tipo de projeto musical e se dedicou ao aprofundamento de estudos de técnica vocal e aperfeiçoamento em drives vocais. Ao conquistar determinadas certificações na área, passou a ministrar aulas de canto. Em 2018, se tornou professor na School Of Rock em Moema, na cidade de São Paulo, trabalho que realizou até 2019. Um ano antes, se tornou integrante de uma nova banda, a Delta Crucis, porém, com o tempo comprometido com as aulas, não se manteve como integrante. Com a saída, a decisão final foi seguir carreira solo e, como já havia muitas músicas escritas, refez alguns arranjos, e a partir de 2020, passou a lançar singles.

Em 2020, criou seu canal oficial no Youtube. Um dos quadros é o “Por Trás da Letra”, videocast que, a princípio, iria revelar os bastidores criativos de suas próprias músicas. Com o sucesso do programa, Danilo abriu espaço para outros artistas explicarem “o que estavam pensando ao compor uma canção”.

SHOW NO LOLAPALLOOZA

O evento cobiçado por qualquer banda recebeu a Balls em 2012, conjunto de rock na qual Danilo Martire fazia parte como vocalista. Na ocasião, o grupo abriu o show da Foo Fighters, algo inimaginável para uma banda recém lançada que, apesar de um CD pronto, ainda não havia lançado nenhum trabalho.

A história foi um tanto curiosa. Danilo enviou o CD da banda para um contato pessoal, por sua vez, esse contato enviou para outro que, depois, enviou para outro. Meses depois, o telefonema inesperado: “Estou falando com o Danilo da Banda Balls? Gostaria de informar que vocês vão se apresentar no Lollapallooza.”

Naquele período, a Balls ainda era uma banda de barzinhos e, é claro, que tocar em um evento mundialmente conhecido foi uma experiência completamente diferente. No fim, o festival rendeu grandes frutos a eles como videoclipes divulgados no Canal Bis uma parceria com a Vevo. Isso tudo sem contar o grande reconhecimento conquistado.

REFERÊNCIAS MUSICAIS DE DANILO MARTIRE

Desde que Danilo passou se interessar pelo universo da música, o rock foi seu grande companheiro e inspiração. O músico teve fortes influências de bandas como Deep Purple, Van Halen, Whitesnake, Mr Big, entre tantas outras. Contudo, Danilo não se considera fechado musicalmente o que o faz, até certo ponto, apreciar outros gêneros como a bossa nova, MPB, rap, música eletrônica e talvez alguns sons sertanejos.

Para ele, essa variedade implica no seu aprendizado, inclusive para o estudo de canto.

DISCOGRAFIA

2011:

“Coletânea São Judas Music Festival 2011” (gravado, mixado e masterizado no Estúdio Midas – SP), com as músicas:

– Ela Tem Tudo (Single) – Banda Balls – Vencedora do Festival São Judas Music Festival em 2011

– A Noite Inteira é Rock – Banda Balls

2012:

CD “Balls – Banda Balls” – Gravação independente com 11 músicas. Inclui os singles “Ela Tem Tudo” e a “Noite Inteira é Rock”.

Lançamento: durante o show no Lollapallooza 2012.

Videoclipes lançado pelo canal Bis: Ela Tem Tudo e Até Agora.

Resenha: https://whiplash.net/materias/cds/153395-balls.html

2014:

CD “Prazer Te Conhecer” – Banda Balls – Gravação independente com 10 músicas inéditas

Resenha: https://whiplash.net/materias/cds/212611-balls.html

2020:

Projeto Autoral: Danilo Martire. Vários lançamentos a partir de novembro deste ano e durante todo o ano de 2021.

CD “Danilo Martire”, ainda não lançado oficialmente.

Novembro de 2020:
“Me Reinvento” (Single) – Lançamento Independente

Distribuidora: CD Baby

Video Clipe: Me Reinvento https://www.youtube.com/watch?v=dISlPeZPC7o

Dezembro de 2020

“Eu de Ocasião” (Single) – Lançamento Independente

Selo: Elevarte Music

Fevereiro de 2021

“Virtual” (Single) – Lançamento Independente

Selo: Elevarte Music

EnglishPortugueseSpanish