Conecte-se conosco

Música

Danilo Martire se reinventa em single pop rock

Matheus Luzi

Publicado

em

(Capa do single)

Uma das características mais marcantes do ser humano é a elasticidade da sua persona em frente a diferentes situações e pessoas. “Me Reinvento” pode-se dizer que surgiu, mais ou menos, partindo desse princípio. A primeira ideia da canção escrita há alguns anos, foi quando Danilo Martire tentou “modificar a si mesmo” para agradar outras pessoas em relacionamentos afetivos. É claro que não deu certo e, então, a canção começou a ganhar vida.

Como já dá para perceber, a canção fala justamente de “renascer” outra personalidade para alcançar certos objetivos e, nesse caso, a atenção alheia. Na letra, Danilo traz um viés cômico e descontraído ao compreender que, apesar das coisas não saírem do jeito que imaginamos, é sempre possível seguir em frente e aprender com os acontecimentos. Para ele, a principal mensagem de “Me Reinvento” é “não vale a pena se violar para agradar alguém”, em suas próprias palavras.

Em relação ao que se pode esperar da sonoridade da música, é possível apreciar um pop sem que a característica Rock n Roll de Danilo se perda. Assim, ele conta que nos momentos de composição estava ouvindo muito sons de indie rock nacional e, indo além, trouxe uma pegada MPB. “Acabou soando como eu queria, com uma levada mais descontraída, principalmente porque eu queria introduzir um solo de kazoo na música (uma espécie de instrumento sintetizador de voz através de uma membrana).”, explica Martire.

A canção começou a ser gravada em 2019, mesmo período em que o artista se entregou a proposta de carreira solo. A produção e gravação ficaram a cargo de Neto Florêncio do Estúdio Equinox09, em Atibaia. A direção vocal teve o apoio de Ninrod, do Ninrod Studio, na cidade de São Paulo. A mixagem, por sua vez, é de Tiago Hóspede. Na gravação, está o violão e voz de Danilo Martire, o já citado Neto Florêncio no baixo, Fisher Batera na bateria, Áureo Alessandri nas guitarras e Nuno Xavier nos teclados.

“Acho importante dizer que ele é o primeiro de um projeto que ainda vai ter vários lançamentos. O projeto leva meu nome, já que pela primeira vez não estou em uma banda e sim, em carreira solo. Todas as capas dos singles desse projeto contam uma história visual que se entrelaça e esse projeto foi elaborado pelo grande artista Gregory Antony. Ele conseguiu reproduzir visualmente o que estava na minha cabeça, foi incrível.”, finaliza Danilo.

(Divulgação)
EnglishPortugueseSpanish