18 de julho de 2024
Extras

“Dividir de alguma forma um lugar comum entre nós mulheres”, diz Laylah Arruda sobre a mensagem de música gravada com DJ Raiz e a francesa Marina P

Artistas: Marina P (França), Laylah Arruda (Brasil) e DJ Raiz (Brasil)

Lançamento: single “Magia”

Compositores: Laylah Arruda e Marina Peloso

Gravadora/selo: Feminine Hi-Fi Records

Ano de lançamento: 2024

O que diz a letra da música?

A letra de “Magia” aborda o poder de cura, fortalecimento, acolhimento e também divertimento também de estar entre as páreas mulheres, de entendermos umas das outras até o que não é de fato dito, por compartilhamos de realidades semelhantes. Então faz a leitura de momentos como este, da magia dos nossos encontros.

Qual sua mensagem?

Dividir de alguma forma um lugar comum entre nós mulheres, desse abraço coletivo em que nos damos ao estarmos em convívio. A magia do sentimento puro que se aflora.

Como e por que esta música surgiu?

Em outubro de 2023, em uma das edições do Festival Feminine Hi-Fi, a cantora convidada como artista principal foi Marina P (França). Como a Feminine Hi-Fi possui um selo musical voltado a lançamentos femininos e seus encontros planejou-se fazer uma faixa entre Marina P e a cantora Laylah Arruda, em um instrumental de um grande parceiro da cena sound system, o DJ Raíz.

Apesar do planejamento antecipado, a composição conjunta alcançou essa temática e fluiu lindamente como fluiu por ambas as cantoras, bem como as integrantes da Feminine Hi-Fi estarem em pleno convívio entre mulheres. “Magia” nasceu como um registro desse momento especial.

Musicalmente, como você a descreve?

É Reggae puro, da linha roots, leve, fresco.

Como foi esta colaboração França-Brasil?

Tudo se desenvolveu com muita vontade, alegria calorosa e na convivência enxergar uma proximidade cultural que certamente também veio para essa conexão. Marina P é moradora da França há muitos anos, mas é de origem italiana. E é curioso como o movimento da história revela as similaridades culturais, e o tanto que temos em comum somou para a proximidade e por resultado tudo se realizar.

Há alguma curiosidade sobre este lançamento que você queira destacar?

É sempre legal dividir nuances de bastidores, eu adoro a fase do processo criativo. Foi muito interessante, e engraçado por vezes, ambas cantando fora de seus idiomas nativos. Ajustar os sotaques, trechos que viravam verdadeiros “trava-língua”.

E construímos de fato juntas, na hora, frase a frase sem nunca ter dito “vamos falar de X tema”. Portanto o tema da canção teve a força da influência, ou seja, da Magia, do próprio momento da escrita.

Respostas de Laylah Arruda

administrator
Fundador e editor da Arte Brasileira. Jornalista por formação e amor. Apaixonado pelo Brasil e por seus grandes artistas.