24 de maio de 2024
Extras

O carnaval alternativo de André Loyola

Mariana Loyola e Luiz Gustavo Martins / Divulgação.

Assim como em 2021, o carnaval deste ano é uma preocupação para a maior parte do povo brasileiro, apaixonado por esta típica festa nacional. Desde o início da pandemia no Brasil, o setor artístico se movimentou para aquecer os lares, nas famosas lives, já que shows presenciais nem-pensar.

Aproximadamente dois anos se passaram, e o Carnaval 2022 é um mix confuso dos que querem preservar o distanciamento social e dos entusiastas pela folia. No meio disso tudo, está o novo lançamento do mineiro André Loyola, o EP “Ponta Cabeça”.

Tímido em relação ao número de faixas (apenas duas), o trabalho é uma referência nítida ao sentimento carnavalesco, ao seu astral. Essa áurea festiva anda de mãos dadas com muita brasilidade e nuances da música latina.

No entanto, a profundidade e poesia de André é uma tacada genial por parte do artista. As letras são fortes e responsáveis por possíveis grandes reflexões sobre tempo, relação, felicidade. Elas, entretanto, são camufladas num campo de folia.

Capa é um desenho do próprio André Loyola.
  • – Abrindo o EP, “Pra Te Fazer Feliz” é a que mais carrega o universo latino. Na letra, André Loyola criou uma hipotética conversa entre duas pessoas. É o retrato de um que sofre, e o outro que oferece consolo. O título e a sonoridade são, então, as fotografias exatas desta canção.
  • – Já “Ciranda” é uma marchinha a moda “caetano veloso”. É também num encontro entre duas pessoas que se desenrola. Neste caso, porém, são íntimas no passado, mas distantes agora, reconhecendo-se mutuamente como estranhos.

Bem aventurado ao lado do produtor musical Davi Bernardo, ambas as músicas foram gravadas com instrumentos básicos: teclado, guitarra, baixo, bateria e percussões. A partir deste 4 de março, o resultado deste trabalho já está disponível em todos os aplicativos digitais de música, e o clipe da faixa “Pra Te Fazer Feliz” em videoclipe no Youtube.

SOBRE O ARTISTA

Nascido e residente em Pouso Alegre, em Minas Gerais, André Loyola também é médico, com especialidade em Patologia. Professor em faculdades de medicina e farmácia, iniciou a carreira solo em 2020, depois de longa passagem por bandas de rock.

Seu mundo artístico, ao qual atua como instrumentista, compositor e cantor, tem influência primordial na MPB, rock, pop, bossa nova, e outros movimentos da música brasileira e internacional. Sua paixão pela poesia também deve ser levada em consideração.

Mariana Loyola e Luiz Gustavo Martins / Divulgação.

CIRANDA

A vida é uma ciranda 

Que se movimenta no tempo

Pra crescer machuca

Dor que transmuta em contentamento

Que bom te encontrar denovo 

Foi há tanto tempo, foi um tempo louco 

Me fez revirar lá trás, viver aquilo mais um pouco (2x)

De ponta cabeça, meu mundo encontrava o seu

Um turbilhão de velhas novidades 

Tudo que se esqueça pode ser trazido à tona 

Memórias não mudam e não tem idade (2x) 

A vida é uma ciranda 

Que se movimenta no tempo

Pra crescer machuca

Dor que transmuta em contentamento

PRA TE FAZER FELIZ

Pra te fazer feliz

E aliviar a dor

Pra te fazer feliz

Te dou todo o meu amor, meu bem

Cura..

Deixa o tempo agir

Ele cura

Fica só cicatriz

Puro amor, o tempo vence a dor

E nos faz denovo sorrir de feliz

Avistei a luz no fim do túnel numa estrela que caiu discretamente só pra mim

Cochichou no meu ouvido a voz q vem dentro e sabe de tudo, do começo ao fim

Dorme tranquila você não está sozinha nessa não

Dorme q amanhã te sirvo um café com pãozinho e mamão (2x)

Pra te fazer feliz

E aliviar a dor

Pra te fazer feliz

Te dou todo o meu amor, meu bem

FICHA TÉCNICA

Produção musical: Davi Bernardo 

Mixagem: Bernardo Martins

Capa: André Loyola

Gravado no Estúdio de Davi Bernardo

Lançamento: Selo Vitrola Play

PRA TE FAZER FELIZ

André Loyola: voz

Davi Bernardo: guitarras, violão, sintetizadores e backing vocal

Emílio Martins: bateria e percussão 

Ana Karina Sebastião: baixo 

CIRANDA

André Loyola: voz

Davi Bernardo: guitarras, órgão e backing vocal

Bruno Silveira: bateria e percussão 

Ana Karina Sebastião: baixo

SIGA O ARTISTA NAS REDES SOCIAIS E PLATAFORMAS

INSTAGRAM 

FACEBOOK 

YOUTUBE 

SPOTIFY 

administrator
Fundador e editor da Arte Brasileira. Jornalista por formação e amor. Apaixonado pelo Brasil e por seus grandes artistas.