26 de fevereiro de 2024
Geral

Austin Martin apresenta country inspirado em Montana

O novo single do cantor e compositor norte-americano Austin Martin é um country que deve ser ouvido por todos aqueles que vivem em pequenas cidades ao redor do mundo, mas com mais efeito aos que vivem nos EUA. Composta por Austin com Michael Fish Herring numa noite em estúdio, a letra de “Country Drunk” surgiu após ambos conversarem sobre a cultura e como é legal e diferente ser do interior, de pquenas cidades americanas.

A cidade que o inspirou foi a sua Montana, mas Austin diz que os americanos de outras pequenas cidades devem se sentir em casa com esta canção, que é divertida e com um solo de guitarra que massageia agradável e agressivamente nossos ouvidos. “Estamos bêbados no campo. É uma coisa de orgulho, Embora possamos beber com o melhor deles, a música representa o orgulho de onde eu sou”, diz Austin.

Confira!

Letra (Tradução com Google)

Acordei com as botas ainda calçadas No meio do chão do banheiro. Verifique meu espelho e veja que ainda estou aqui com um olho roxo que não posso ignorar. E foi minha sorte ter perdido minha caminhonete ontem à noite ou na noite anterior. Há um buraco do tamanho de um trator na parede do meu quarto e os xerifes estão batendo na minha porta.

É um funk podunk. Uma carreira caipira. Você pode culpar o povo ou a Jack & Coke, Ou talvez eu esteja apenas bêbado do campo.

Voando alto por todo o país.
Bebendo dos poços da terra.
Balançando com a população.
Intoxicados, todos ficamos de pé e todos caímos.
Nós voltamos também…

Um pouco de pelo de cachorro me tirou do nevoeiro e estou respirando o ar do campo. Uma inspiração profunda na minha porta e isso me colocou em uma feira do condado.
É uma cidade diferente, mas eles ainda vivem De uma forma estranha e familiar.
Pessoas diferentes com os mesmos traços e todos parecem saber meu nome.

É um funk podunk. Uma carreira caipira. Você pode culpar o povo ou a Jack & Coke, Ou talvez eu esteja apenas bêbado do campo.

Voando alto por todo o país.
Bebendo dos poços da terra.
Balançando com a população.
Intoxicados, todos ficamos de pé e todos caímos.

Somos uma scooter de raízes caseiras, Afaste-se da mania do campo… Afaste-se
Somos uma cultura inebriante sem punk podunk que desejamos,
E todos nós desejamos aquele país bêbado!


Voando alto por todo o país.
Bebendo dos poços da terra.
Balançando com a população.
Intoxicados, todos ficamos de pé E todos caímos.

administrator
Fundador e editor da Arte Brasileira. Jornalista por formação e amor. Apaixonado pelo Brasil e por seus grandes artistas.