30 de maio de 2024
Listas de lançamentos Lupa na Canção

Lupa na Canção #edição18

Muitas sugestões musicais chegam até nós, mas nem todas estarão aqui. Esta é uma lista de novidades mensais, com músicas novas, quentes, diferentes. A seleção é eclética, serve para todos os gostos. É importante ressaltar: que as posições são aleatórias, não indicando que uma seja melhor que a outra; essa lista é atualizada diariamente, até o encerramento do mês.

Uma mensagem de vida, paz e amor!

O cantor e compositor Angelomromano faz algo difrente neste seu novo lançamento, “Não Fale o Mal Não Seja o Mal”. O artista declama um poema, com ambiente muiscal ao fundo. A mensagem é linda, uma mensagem de amor, esperança e paz ao mundo, mas principalmente ao mundo interior de cada um. Confira!

Disponível na playlist “Brasil Sem Fronteiras…”

Victor Tadashi une rock ao Soul/R&B no single acalorado “Minha Luz”

“Minha Luz” é o sétimo single da carreira solo do cantor, compositor e multi-instrumentista carioca Victor Tadashi. Se trata de uma canção que une o rock ao Soul/R&B. Esta sonoridade agitada e com arranjo de impacto, leva a adiante uma letra de amor. Nela, Victor canta o amor e pede que sua amada continue ao seu lado, apesar de seus erros acumulados ao longo do tempo. Confira!

Novidades do “Rock e Pop Rock Nacional” e “Brasil Sem Fronteiras…”

A invisibilidade social é a inspiração de Belmiro em “Cenário” (MINI ENTREVISTA)

Em resumo, o que é esta música? “Cenário” é uma música que nasceu nos tempos em que eu fazia faculdade, no início dos anos 2000, em parceria com a poetisa mineira Djaíla Martins, minha colega de sala. Fazíamos Artes Plásticas na Escola Guignard, uma escola cheia de tradição nas artes. Sendo assim, é uma música muito afetiva para mim, pois me lembra uma fase boa, de muitas descobertas no campo da vida e da arte. Essa música tem uma versão muito legal de uma banda chamada Chuva a Granel e agora “Cenário” ganha versão do autor, o que me deixa muito feliz.

O que a letra nos diz? A letra fala sobre a invisibilidade social. Sobre as pessoas que estão no nosso cotidiano e muitas vezes não são percebidas a ponto de ganhar um bom dia de quem passa por elas. Então, na verdade essa música fala muito mais sobre nós como sociedade. As pessoas “invisíveis”, na música, estão representadas pelo anúncio de jornal de uma dona de casa que está desaparecida, pelo rapaz que entrega o leite de porta em porta, algo muito comum no interior de Minas, até bem pouco tempo atrás e pela empregada doméstica (Aparecida, José e Penha).

Comente sobre a sonoridade do single, as referências. Eu toco essa música em meus shows há muitos anos e eu tinha uma banda chamada Belmiro Bando que tinha uma formação tradicional de banda de rock, baixo, bateria e guitarra, além de teclado, e isso influenciou nesse arranjo mais pop rock que ficou registrado nessa gravação. Mas ela foi criada no violão numa pegada MPB que é meu jeito de tocar e criar. Eu sou um artista que foi muito influenciado pelo rock, mas os artistas da chamada MPB são minhas maiores influências, de Tom Zé à Tom Jobim, de Paulinho Moska à Paulinho da Viola.

O que você traz de especial? Eu acredito que todo mundo é especial e que ao mesmo tempo ninguém é especial. Talvez eu tenha um diferencial, mas eu acho difícil o autoelogio. Então o que eu posso dizer é que sou um compositor mineiro, nascido e criado em Belo Horizonte, um cantautor, com mais de 20 anos de produção e que acredita que não existe nada nesse mundo melhor do que música.

Respostas de Belmiro

Disponível na playlist “Brasil Sem Fronteiras…”

O “Beira Mar Novo” de Cles

Nascido no Brasil e atualmente vivendo na Europa, o cantor e compositor Cles chega ao seu novo single, a canção “Beira Mar Novo”. O cara descreve-a como uma canção folclórica brasileira. Na letra, ele “embarca em novas aventuras em praias, águas e horizontes desconhecidos”, como diz suas próprias palavras. “Beira Mar Novo”, embora demonstra demasiada maturidade musical e poética, é apenas o segundo single da carreira solo do artista, que estreou com o single “Sonho Seu”. Confira!

Disponível na playlist “MPB – O que há de novo?”

“Eu Cuido de Ti”, uma canção para embalar a alegria da paternidade

O cantor, compositor e produtor gaúcho CIRIO segue sua carreira discográfica solo com o seu sétimo single, “Eu Cuido de Ti”, uma canção para embalar a paternidade. Com produção musical de Giba Moojen (estúdio Nossa Toca), a música une reggae com pitadas da música pop e da pegada good vibes. Confira!

Disponível nas playlists “Good Vibes – Lançamentos” e “Brasil Sem Fronteiras…”

administrator
Fundador e editor da Arte Brasileira. Jornalista por formação e amor. Apaixonado pelo Brasil e por seus grandes artistas.