21 de maio de 2024
Além da BR Listas de lançamentos

Playlist “Além da BR” #75 – Sons do mundo que chegam até nós

além da br

Somos uma revista de arte nacional, sim! No entanto, em respeito à inúmeras e valiosas sugestões que recebemos de artistas de diversas partes do mundo, criamos uma playlist chamada “Além da BR”.

Como uma forma de estende-la, nasceu essa publicação no site, que agora chega a sua 74ª edição. Neste espaço, iremos abordar alguns dos lançamentos mais interessantes da playlist.

The Carrie Armitage Quartet“The Dreaming Light” – (Canadá)

O quarteto canadense The Carrie Armitage Quartet chegou ao seu quinto single, dando sequência a uma carreira discográfica iniciada ano passado com o álbum “A Side”. Trata-se da canção “The Dreaming Light”, que se traduzirmos o título chegamos em “A Luz Sonhadora”. A música, que, de certa forma, nos lembra algo um tanto psicodélico, de viagem às nuvens, tem uma energia de bons sentimentos, otimismo e esperança. É o abraço de paz e amor desta banda para você, caro ouvinte!

MINI ENTREVISTAS

JB Meldrum – “Samba Del Mar” – (França e EUA)

Em resumo, o que é esta música? O meu artista, JB Meldrum, conheceu Nana Vasconcelos quando vivia em Nova Iorque. JB inspirou-se no seu trabalho inicial com o Pat Metheny Group. Impressionado com a alma gentil e gentil de Nana, “Samba del Mar” foi inspirado pelo encontro e foi escrito para ele.

Qual a ideia e tema por trás do instrumental? A referência é a inspiração do samba misturada com o tema que é influenciado pelo Southern Country Rock americano.

Quais referências encontramos nesta música? Quando a canção foi lançada pela primeira vez, JB Meldrum submeteu-a ao Billboard Songwriting Contest e ganhou o segundo prémio na categoria jazz. Isso foi em 1989 e a música permaneceu desconhecida até que decidimos relançá-la em 2023.

Há alguma história ou curiosidade interessantes sobre o lançamento? A música de JB aparece em todos os principais serviços de streaming, bem como no YouTube. Ele também publicou trabalhos sob o nome de John Meldrum. Eu gostaria de orientá-lo a ouvir “Maria”, que é do mesmo gênero.

Rob Eggleton, empresário

Judas Milan“Super Sorry” – (Dinamarca)

O que é essa música? Eu encontro inspiração para minhas músicas na minha própria vida e então expresso isso através de uma narrativa vívida e gráfica. Essa música em particular traduz as emoções de nervosismo, tristeza, remorso e dor que advêm da traição de um ente querido – No meu caso é minha lua, minhas estrelas, meu tudo.
Qual é a mensagem disso? “Super Sorry” transmite uma mensagem sincera de remorso e introspecção dentro de um relacionamento em ruínas. A letra descreve as consequências de erros do passado, à medida que as paredes construídas para proteger os dois amantes desabam, deixando corações despedaçados. A melodia emotiva da música convida os ouvintes a refletir sobre as complexidades do amor e as consequências duradouras das nossas ações.

O que você pode dizer sobre o som da música? Acredito que combinei minhas três formas favoritas de escrever música em uma só.
Inclui o nó de ansiedade na garganta causado por músicas tristes, grandes coros arrepiados de baladas e, por último, mas não menos importante, a energia e o poder de minhas influências do rock and roll.

Qual é a relação desta música com a música e a cultura dinamarquesa? Curiosamente, a minha música não é aceite pelos responsáveis ​​pela edição musical na Dinamarca. Apesar dos meus enérgicos e esgotados shows ao vivo e da participação ativa na cultura musical dinamarquesa, parece que o país onde nasci e cresci não aceita totalmente alguém como eu.
Levei algum tempo para aceitar esta realidade, mas como meus amigos sempre me dizem: “Seu som é grande demais para a Dinamarca”.

Embora continue esperançoso por uma mudança no futuro, aprendi a não esperar nada.

Respostas de Judas Milan

Leo Geller 4tet “Live At The Melville” – (França)

O que é o álbum, em resumo? Influenciado por artistas como John Coltrane, Kurt Rosenwinkel, Fela Kuti ou Radiohead mas também pela música psicodélica e world music,

Fale mais sobre o álbum. Este projeto oferece um repertório original e aberto, composto por composições e arranjos, cuja ambição é ir além das fronteiras dos estilos musicais e levar seu público em uma jornada. Cada nota é tocada com coração e coragem. 

Fale sobre a banda. O grupo é basicamente um trio de jovens músicos
que se conheceram durante seu tempo no conservatório de Lyon.
A eles se junta em fevereiro de 2023 o incrível saxofonista Gregory Sallet!

Respostas em conjunto da banda

Ayna Errboe“Just a Woman” – (Dinamarca)

O que a letra da música no diz?

‘Just a Woman’ – o segundo dos meus três singles de estreia – é uma colagem comovente e desesperada de humores do folk acústico clássico ao folk rock dos anos 70, com letras sinceras sobre amor e perda.

Qual a mensagem?

A essência da música é expressar essa dor muito pessoal e dar a ela uma forma na qual outros possam se relacionar com esse sentimento, que a maioria das pessoas – em menor ou maior grau – já teve em algum momento de sua vida. Você poderia chamá-lo de um grito de tristeza sem esperança, que pode ser reconfortante para os outros sentirem que não é algo que eles carregam sozinhos.

Fale sobre a sonoridade do single.

A vibração musical da música está equilibrando suas raízes folk mais íntimas – sensação de cantor/compositor e solo sonhador com um refrão de som retrô clássico com bateria e teclas expressivas e um coro feminino, para capturar o desespero da letra.

Todas as respostas de Ayna Errboe

administrator
Fundador e editor da Arte Brasileira. Jornalista por formação e amor. Apaixonado pelo Brasil e por seus grandes artistas.