21 de fevereiro de 2024
Além da BR Listas de lançamentos

Playlist “Além da BR” #77 – Sons do mundo que chegam até nós

além da br

Somos uma revista de arte nacional, sim! No entanto, em respeito à inúmeras e valiosas sugestões que recebemos de artistas de diversas partes do mundo, criamos uma playlist chamada “Além da BR”.

Como uma forma de estende-la, nasceu essa publicação no site, que agora chega a sua 77ª edição. Neste espaço, iremos abordar alguns dos lançamentos mais interessantes da playlist.

FIREROSE – “Plans” – (Austrália)

O casal FIREROSE e Billy Ray Cyrus declaram seu amor ardente no single “Plans“, uma canção autoral que serve para qualquer casa apaixonado que, mesmo com o tempo, ainda sente arder o coração e tem a certeza de que será assim. A ideia de “Plans” é justamente essa: de que os planos feitos para o futuro se mantém vivos e a paixão se renova diariamente. Um dos versos sintetiza isso muito bem “Ainda vou sentir as borboletas mesmo depois de uma vida”. Confira!

Christian List“Ash Heap Of A Dream” – [MINI ENTREVISTA]

– Você poderia explicar o tema da música? A música mergulha nas lutas do amor, especialmente quando é uma fonte de infelicidade. Ela explora a decisão desafiadora de abandonar sonhos irreais. Essa batalha interna é agravada pela incerteza das chances de felicidade.

– Que mensagem a música transmite aos ouvintes? No seu cerne, a música transmite a mensagem de uma esperança duradoura. Mesmo nas profundezas da angústia, há esperança para dias mais brilhantes à frente. Ela incentiva a abraçar o poder interior para moldar um amanhã mais positivo.

– Você poderia fornecer informações sobre a origem da música? Capturada em uma única tomada ao vivo, minha intenção era capturar a emoção e a intimidade por meio dessa gravação ao vivo. Isso marca a segunda das dez próximas músicas.

– Como você moldou o som da música? O violão de ressonador vintage confere à música o seu som de violão especial. Introduzi um órgão Hammond e um Wurlitzer para o baixo, realçando a faixa com uma atmosfera soul. Um destaque apreciado é o solo de guitarra aos 2:10

Respostas Christian List

Lawson Hull “strange” – (Austrália) – [MINI ENTREVISTA]

– Resumindo, sobre o que é essa música?  “Estranho” é para quem luta contra a ansiedade em casa. Como compositor, às vezes você se encontra entre empregos sem sentido, onde tem tempo para escrever. Algumas semanas você é produtivo e escreve muito, outras semanas você adquire o péssimo hábito de ficar sentado sem fazer nada. Quanto mais você fica sentado, menos vontade de sair de casa e ser social.

– Qual é a sua mensagem para o mundo?  Deixe seus amigos saberem sua situação. Não se torne um eremita e se feche para seus amigos e para o mundo. Se as pessoas realmente soubessem o que você está passando, elas estariam lá para ajudar num piscar de olhos. Se você alguma vez se encontrar em uma situação em que fica preso em casa, procure o motivo mais simples para sair de casa. Mesmo que seja apenas por um minuto.

– Em que contexto surgiu a música?  Esta música foi escrita originalmente durante bloqueios rigorosos, quando todos estavam presos dentro de casa. Então, o significado mudou para mim desde aquela época. Durante a cobiça, senti que tinha a chance de ser outra pessoa quando tudo acabasse. Quando o mundo se abriu novamente, eu não estava pronto para ser outra pessoa e a ideia de voltar a um mundo normal era um pouco assustadora. “Strange” é sobre como lidar com essas emoções durante o bloqueio e também com o medo de voltar à vida normal.

– Sobre o som, o que você fez? como chegou a isso?  Eu queria que o som da música refletisse de alguma forma o significado da música. Há elementos da música que são crus e pouco polidos, o que eu gosto. Principalmente as guitarras slide. Para mim, eles parecem expressar emoções de uma forma humana.

– Conte-nos sobre o clipe. A gravação geral da música tem um sentimento vintage/nostálgico, então eu queria que fosse filmada da mesma maneira. Encontrei-me com um cinegrafista e diretor, Ian Tyley. Decidimos filmar em filme 35mm, o que era perfeito para a vibe que eu queria. O brilho natural do filme ajudou a retratar essa ideia de estar sonhando, imaginando estar em lugares antigos que você frequentava. O clipe me mostra preso em casa, querendo estar em outro lugar, me perguntando se algum dia sairei deste lugar.

Respostas Lawson Hull

Jimmy Rankin – “Harvest Highway” – (Canadá) – [MINI ENTREVISTA]

– Qual é a mensagem da música? Harvest Highway resume essencialmente o tema do álbum, que são músicas sobre pessoas, suas histórias… vidas vividas…é ao mesmo tempo triste e reflexivo, mas ao mesmo tempo otimista – assim como as vidas que vivemos.

– Qual a sua descrição do som desse single? O mantra deste álbum foi capturar uma vibração orgânica, ao vivo e do momento. Gravamos analógico em fita com microfones e equipamentos vintage para obter aquele som vintage clássico dos anos 60/70 enquanto mantemos os pés, ou pelo menos os dedos dos pés plantados no aqui e agora.

– O que essa música diz sobre sua carreira? Eu não acho que poderia ter escrito essa música aos meus 20 ou 30 anos. Meus filhos estão ficando mais velhos, agora no ensino médio, nos mudamos por quase oito anos e depois voltamos para casa, na costa leste, minha esposa e eu comemoramos aniversários há décadas. Estou envelhecendo, mas no bom sentido e talvez até ficando um pouco mais sábio… a questão é que, na minha idade, posso dar um passo para trás e ver com uma lente grande angular – as coisas que são importantes para mim agora… amor, família, amigos, estar em casa e em casa na minha própria pele.

Respostas Jimmy Rankin

NuAsia – “Why Are You Back”

A cantora e compositora estadunidense NuAsia faz em “Why Are You Back” uma balada sobre as complexidades de um amor desgastado, que parece estar dizendo adeus. A música, que dá sequência à uma carreira emergente na cena country pop moderna, é o último capítulo do próximo álbum da artista, “Quiet Violence”. Confira!

administrator
Fundador e editor da Arte Brasileira. Jornalista por formação e amor. Apaixonado pelo Brasil e por seus grandes artistas.