24 de maio de 2024
Literatura Poesia

“A poesia é a arte de prescrever remédios para a alma”, diz Alvaro Tallarico sobre seu novo livro

O jornalista, poeta e escritor Alvaro Tallarico prossegue seu caminho literário com a pré-venda do seu novo livro: “Poetiniase”, uma obra que tem a poesia como remédio. O nome do livro de mais de 70 páginas é uma “brincadeira autoral” de Alvaro, ou seja, é um termo inventado por ele para se referir a uma suposta doença que, por si, é a própria cura.

Totalmente composto por poesias, “Poetiniase” é um relato do cotidiano e de temas caros à Alvaro, como ancestralidade. O release enviado à imprensa nos diz que, entre as páginas, há otimismo, contradições, invenções e um olhar afinado para as vicissitudes da vida, uma nova abordagem da fé e citação a respeito da política (com ironia sempre presente). Além disso, os felinos também são homenageados.

O livro, editado pela Editora Toma Aí Um Poema, está em processo de pré-venda no site da plataforma de financiamento coletivo Benfeitoria. Os apoios vão de R$ 25,00 à R$ 180,00. Clique aqui para acessar a campanha, onde você terá também mais informações.

(Trecho do poema “felinidade”)

Competência para acrobacias namoradoras com eficiência em gerar sorrisos nos mais sisudos rostos.
Aptidão de realizar saltos entre universos paralelos que formam elos.
Propensão para crises renais e paixões venais.
Virtude para personalidade amuralhada com predisposição para cabeçadas dotadas de maestria insuperável.
Confluência magistral entre algo estabanado, charme e elegância.
Inclinação para conquista sorrateira de corações amuados.
Arte sublime do gênio Criador para direcionar descompassados.

Sobre Alvaro Tallarico

Alvaro Tallarico é jornalista, poeta e escritor. Nascido e criado na zona norte do Rio de Janeiro. Fez ensino médio na Escola Técnica Estadual Adolpho Bloch, da FAETEC. Escreve no portal de jornalismo cultural Vivente Andante e é colunista do jornal Diário do Rio. Letrista do projeto Kaialas e roteirista do curta-metragem “O Preto de Azul”, ganhou Menção Literária no 2º Prêmio Literário AFEIGRAF. Tem contos e poemas espalhados por diversas antologias. Escreveu o ebook A Paulistana de Ganesha (Amazon) e o livro Cem ruínas na esquina da poesia.

administrator
Fundador e editor da Arte Brasileira. Jornalista por formação e amor. Apaixonado pelo Brasil e por seus grandes artistas.