Conecte-se conosco

Música

Morre Cassiano, o astro do Soul Brasileiro

Matheus Luzi

Publicado

em

(Capa do disco “Apresentamos Nosso Cassiano”, de 1973)

O cantor e compositor Cassiano (Genival Cassiano dos Santos), deixou o mundo ontem (7), no Rio de Janeiro, cidade no qual estava internado desde o fim do mês de abril. A morte foi confirmada às 16h30, no Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes, na Zona Norte. Apesar dos rumores de que a causa seria a Covid-19, houve o comunicado de que sua morte não teve relação com a doença. A verdadeira causa ainda não foi divulgada.

Em 1960, inspirado no revolucionário som de João Gilberto, Cassiano se mudou para o Rio e, no mesmo período, fundou um trio de Bossa Nova. Seu nome ficou registrado na música brasileira por ter sido o criador de um estilo vocal denominado como Brazilian Soul. No entanto, seu lado cantor não resultou muito reconhecimento, tendo gravado poucos discos como intérprete.

Ainda assim, sua voz ecoou na cena nacional em “A Lua e Eu”, da trilha sonora da novela O Grito (TV Globo, 1975/1976) e em “Coleção”, sucesso apresentado em 1977, também em trilha de novela da Tv Globo.

Na outra face da moeda, está como compositor. Sucessos como “Primavera” e “Eu Amo Você” (ambos de Tim Maia) são de sua autoria, e isso sem contar que suas músicas foram gravadas por vários artistas como Marisa Monte, Djavan e Ivete Sangalo. Porém, Cassiano, em sua vasta criatividade, se consagrou como um grande músico brasileiro.

Fundador e editor da Arte Brasileira. Jornalista por formação e amor. Apaixonado pelo Brasil e por seus grandes artistas.

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish