24 de maio de 2024
EP Música

Bruno Ruy leva positividade ao mundo em seu EP de estreia

Fernanda Dapper – Divulgação.

Em 2020, Bruno Ruy lançou “Trilhos”, uma estreia no Youtube que posicionou um pequeno fragmento de sua mensagem, do que ele tem a entregar ao mundo. Esse caminho se prolongou ao longo deste ano de 2021, no entanto, com mais profissionalismo e objetivos, já que conta com o apoio de duas grandes instituições musicais: o selo Gear Music, liderada por Giba Moojen (este, inclusive, o próprio produtor musical de Bruno) e a gravadora Midas Music, do fantástico Rick Bonadio.

Essa parceria, que foi gestada durante meses, teve o seu primeiro resultado apresentado no dia 24 de setembro, quando Bruno lançou a canção “Âmago”, e dias depois, o consequente clipe. A partir de então, com um espaço de aproximadamente um mês, o jovem cantor gaúcho aterrissou nos aplicativos digitais outros três singles, todos com audiovisuais como acompanhantes.

Esses lançamentos agora estão compactados no EP de estreia de Bruno Ruy, “Âmago”. Então, pode-se dizer que, enfim, o artista realmente é dono de um material mais completo, denso e definitivo. Assim, o próprio músico deixa claro que este é o início de uma história atemporal, o que quer dizer o quanto suas ideias demasiadamente reflexivas, contemplativas e existenciais servem como norte para ajudar o mundo, servindo para todas as pessoas, todas as gerações.

Conceitual, o EP traz quatro faixas que, apesar de distintas, formam um mosaico do que é o mundo e a vida para Bruno. A começar pela faixa-título, podemos dizer que sua letra é algo como “olhar para dentro de si, e ter um encontro com a própria essência”. Na sequência, “Vem Coruja” é bem semelhante, mas chega como uma reverência à alma, a evolução e a sabedoria. A terceira canção “Dores do Mundo”, no entanto, já é um Bruno repleto de compaixão para com as dores do próximo. Por fim, “Reme” tem como intuito pensar no transcender, ocupar a vaga da dor com a felicidade e a harmonia.

Os temas do EP são bastante complexos, mas a forma de escrever de Bruno transcende essa complexidade, tornando-as leves e acessíveis para todos. Indo além, essa comunicação é mais agradável ainda, porque Bruno faz de ritmos populares como o pop, MPB, reggae e o rock como guias. Porém, mais lindo é a forma como as brasilidades envolvidas nas músicas ecoam.

Para o futuro próximo, Bruno Ruy não nos deu muitos detalhes, mas alertou que muitas coisas boas estão por vir.

Divulgação.

SOBRE BRUNO RUY

Nascido no ano 2000, em Novo Hamburgo-RS, e atualmente residente de Morro Reuter (serra gaúcha), Bruno Ruy se inspira na música pop/MPB, assim como outros gêneros, como o rock e o reggae. Dessas referências, o artista escreve suas letras que tem como missão promover reflexões a quem as ouve.

“A intenção constante nas letras das minhas músicas, é tocar o coração e estimular a evolução do ser humano, provocando reflexões internas, sobre diversos assuntos pertinentes à existência humana no mundo atual.”

Recentemente, Bruno lançou o seu EP de estreia, “Âmago”, em parceria com as gravadoras Gear Music (Giba Moojen) e Midas Music (Rick Bonadio).

FICHA TÉCNICA

Produzido por: Giba Moojen

Arranjos: Giba Moojen

Gravado: G.E.A.R Studio

Engenheiro de Gravação: Giba Moojen

Assistente de Gravação: Nathan Ricardo

Pós-produção de áudio: Nathan Ricardo

Mixado em: G.E.A.R Studio

Mixado por: Giba Moojen e Nathan Ricardo

Assistente de Mix: Nathan Ricardo

Masterizado em G.E.A.R Studio

Masterizado Por: Nathan Ricardo

Músicos participantes: Giba Moojen

Selo: Gear Music e Midas Music

administrator
Fundador e editor da Arte Brasileira. Jornalista por formação e amor. Apaixonado pelo Brasil e por seus grandes artistas.