23 de julho de 2024
Notícia

Samba de Chico Buarque ganha nova versão por Augusto Martins e MPB4

Que tal Augusto Martins cantando um samba de Chico Buarque? Que tal Augusto Martins cantando com MPB4? Que tal Augusto Martins com produção de Moacyr Luz e arranjo de Rodrigo Campello?

É o primeiro do álbum “Minhas Digitais”, gravado no Estúdio Vale da Tijuca – que Augusto Martins construiu em sua própria casa – e a ser lançado no segundo semestre deste ano.

A ideia de regravar “Que Tal Um Samba” surgiu quando Augusto Martins saiu do show de Chico Buarque já imaginando uma nova “Roda Viva” com os precisos e preciosos vocais do MPB4, que ganharam arranjos de Paulo Malaguti Pauleira, integrante do quarteto. 

“Pensar no MPB4 foi natural, afinal já gravei CD com Pauleira e convivo com Aquiles há muito tempo”,

Augusto Martins

Por acaso, essa foi uma música escolhida por ele, que resolveu se deixar levar pelo olhar de Moacyr Luz e entregar sua voz para canções de compositores que ele nunca havia interpretado. Vêm aí mais ousadias…

“Moacyr propôs me tirar da zona de conforto. Estou amando essa provocação! Cantar autores que eu nunca havia cantado – caso de Lulu Santos –, revisitar alguns sucessos – como “Paixão”, hit da dupla Kleiton & Kledir –e outras músicas que nem são tão conhecidas”, 

conta Augusto Martins, cuja versão de “Que Tal Um Samba” ganhou levada ainda mais samba do que a original de Chico Buarque.

O álbum está vindo com uma pegada mais pop, mas sem perder a elegância jamais! Augusto Martins segue chique, agora com nova sonoridade combinando instrumentos acústicos e eletrônicos. Tudo bem ao estilo contemporâneo de Rodrigo Campello, que, se já tocou com medalhões do samba – como Beth Carvalho, Martinho da Vila, Cartola e Nelson Cavaquinho –, também já trabalhou com Caetano Veloso, Gilberto Gil, Marisa Monte, Lenine, Fernanda Abreu e, mais recentemente, com Roberta Sá.

A música está temporariamente disponível em nossa playlist “O Samba do Século XXI – Novos Lançamentos”

CRÉDITOS

Capa da publicação: Augusto Martins e integrantes da MPB4 / Divulgação

Texto da assessoria de imprensa (Luciano Oliveira – SG Assessoria de Imprensa)