Conecte-se conosco

Música

O LEVE CANTO DE ANA OLIC – Conheça a jovem cantora embalada pelo R&B

Matheus Luzi

Publicado

em

(Crédito: Elaine Cristina / Divulgação)

Em meio ao turbilhão de almas que vivem apenas em busca de likes, parece que, dentro da própria música brasileira, parte da nova geração de artistas não está tão preocupada com isso. Esse o espírito de Ana Olic, uma jovem paulistana que faz de sua vida pessoal e do R&B, a conexão ideal para alcançar outros brasileiros que sabem que, ali em suas músicas, irão encontrar verdade, pureza e uma enxurrada de sentimentos.

A história de Ana inicia muito cedo: aos 7 anos de idade, quando teve a oportunidade de conhecer o violão e a música. No entanto, dez anos mais tarde, em um vídeo despretensioso lançado no Youtube por sua amiga, um singelo canto de Ana agradou uma pequena – mas significativa – parcela de quem a ouviu.

Daí para frente, a jovem passou a viver a música como uma expoente ao sucesso. No primeiro show, as luzes do palco pareciam, também, iluminar seus olhos a enxergar que, o que acontecia na internet, estava se tornando real: as pessoas realmente gostavam do que ela fazia. “Ver as pessoas cantando e vibrando comigo me fez acreditar de todo coração no meu sonho”, comenta.

Dado este grande passo, Ana recebeu o convite para fazer parte do time da Royal Produções. Ali, a artista se sentiu acolhida e incentivada, sendo que, para ela, a equipe que tanto lhe ajudava estava se tornando uma segunda família, uma nova casa. Após essa parceria, Ana viu seu número de streaming e seguidores crescerem ao participar do projeto Escuta As Minas do Spotify.

ELA CANTA A CALMARIA

Completamente apaixonada pelo R&B, Ana Olic gosta da calmaria e foi, justamente essa característica, que a posicionou como uma artista que vai além, mesmo quando as letras falam de coisas tristes. “Independentemente da letra ser triste ou ser sobre amor, gosto de pensar que as pessoas relaxam e sentem leveza e sentimento na minha voz.”

Eu gosto de escrever o que vivo num geral. Muitas músicas são sobre ex amores, mas muitas são também sobre família ou amigos. O importante é o sentimento. A ideia de fazer o ouvinte sentir exatamente o que eu estava sentindo quando escrevi é o meu incentivo.”

CURIOSIDADES DA VIDA

É muito comum artistas terem seu nome alterados para que o sucesso possa ser mais viável. No caso de Ana, o nome também foi modificado, mas não sob tal finalidade. Em verdade, Olic era o user dela no Twitter, mas como seu primeiro contato com a música foi por essa rede social, o nome pegou. Ela até pensou em “Ana Oliveira”, no entanto, como já é um nome habitual, a solução foi deixar “Olic” mesmo. “Gostei de ser um nome só meu”, diz ela.

MENSAGEM DE ANA PARA NÓS E PARA VOCÊ LEITOR

Pra mim é muito importante estar aqui dando falando com vocês, agradeço essa oportunidade e espaço para o meu trabalho. Como uma cantora negra e parte da comunidade LGBTQIA+, eu espero poder inspirar e trazer sonhos para todos que se identificam com minhas letras e vivências. Valeu, pessoal!

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish