23 de junho de 2024
Traçando o perfil

Da MPB a Nova MPB; Conheça Bruna Pauxis

Reprodução do instagram da artista.

Presente nas plataformas digitais desde 2021, a jovem Bruna Pauxis tem nos fatores regionais influências profundas: sua vivência em Belém como natural do Pará, e um “novo mundo”, Brasília, que a despertou para o “moderno e o dinâmico” sistema cultural da capital do nosso Brasil.

Essa questão de sua vida particular se soma ao amor pela música cultivado desde a infância. A isso se soma suas referências musicais “raiz”, como Caetano Veloso, Gal Costa, Los Hermanos, Adriana Calcanhoto, e os pregadores da nova geração, Tim Bernardes, Rubel, Clarice Falcão e Mallu Magalhães.

Ao reparar o que foi dito anteriormente, percebe-se que Bruna é MPB, e sua juventude e abertura para o novo a permite posicionar-se dentro da chamada Nova MPB. Suas duas canções lançadas, as autorais “Morro de saudades” e “Flor de Marte”, são uma afirmação muito nítida disso.

Mas Bruna extrapola o convencional, como ela explica: “Gosto bastante de misturar vários estilos musicais. ‘Morro de saudades’ é um sambinha, mas com um solo de guitarra e ‘Flor de Marte’ une o violino e o violão. Meu objetivo é fazer cada música em um formato diferente, mas tudo bem orgânico, sempre reunindo as ideias dos músicos, no estúdio.”

Como uma boa estudante de Jornalismo (UNB), ela sabe muito bem desenhar suas letras. “Escrever coisas que as pessoas consigam se identificar, sensações do dia a dia, frustrações amorosas, pisadas de bola e as dores da vida. Gosto de escrever de forma simples e sucinta, gosto que todo mundo consiga entender a letra e a mensagem que ela quer passar.”

Conheça esta artista no instagram, e suas canções nos aplicativos digitais de música.

administrator
Fundador e editor da Arte Brasileira. Jornalista por formação e amor. Apaixonado pelo Brasil e por seus grandes artistas.