Conecte-se conosco

Música

[RESENHA] Sobre a banda Apanhador Só

Publicado

em

 

Banda de Rock Alternativo brasileira fundada no ano de 2003 no Estado do Rio Grande do Sul. Em 2006, a banda lançou o EP “Embrulho Pra Levar”Com ele, foi ao Rio de Janeiro para abrir o show de Maria Rita. Seguiram-se apresentações em São Paulo, que renderam bons comentários e garantiram uma volta à capital paulista. Foram ganhando espaço e sucesso. 

Em 2010 lançaram o álbum “Apanhador Só”, álbum que venceu o prêmio Açorianos na categoria “Disco Pop/Rock” e sendo indicado à categoria “Revelação do ano”. Em 2013 lançaram o álbum “Antes que tu conte outra” e o mesmo ganhou o prêmio Açorianos na categoria “Álbum pop” e sendo indicado à categoria “Espetáculo do ano”. E em 2017, lançaram o Álbum “Meio Que Tudo É Um”.

 

 

VAMOS REFLETIR A BANDA

A banda tem um grande destaque nos dias atuais, não só pelos álbuns, mas também pelo vídeo simples. “Cartão postal”, e claro, os videoclipes “Um rei e o zé”, “Nescafé”, “Despirocar”, “Maria Augusta”, “Rota”, “Mordido”, “Prédio”

Apanhador só é uma banda na qual é bem recomendada no Youtube. Já que a plataforma tem um sistema de recomendação para bandas e músicas parecidas com a que você está ouvindo; ou seja, se você estiver ouvindo 5 a Seco ou O Terno, com certeza vai aparecer na reprodução automática ou recomendados (Mesmo que não tenham tanta coisa parecida). Assim, a plataforma ajuda bandas não tão reconhecidas, e foi assim que eu encontrei esse grupo maravilhoso! 

Tenho o costume de comparar as músicas com o clima da cidade. “Viralatice dos prédios”, tem a cara de São Paulo num filtro preto e branco, algo tão forte e tão temido. O quão solitário ficamos em meio à multidão e como reverter um “bom dia” mal dado? Naqueles grandes prédios e tão pequenininhos ficamos – Eu tenho um amor pelo Apanhador só, fez parte das listas de bandas para ouvir e escrever – facilitava tanto para mim ao imaginar o cenário que cada palavra descrevia. 

A banda não tem tanto reconhecimento assim; alguns vídeos tendo poucas visualizações e então criando um público fixo, não tão grande, só que também não pequeno. É uma banda para se ouvir durante vários anos em diversas situações, momentos, vale tanto a pena ouvir a voz gentil do Alexandre Kumpinski, na bateria o Felipe Zancanaro, e o Lorenzo Flach na guitarra transforma o ambiente. Fernão Agra no baixo sendo único e necessário enquanto no sampler, o Bruno Neves chega calmamente.

Apanhador só deveria ser mais ouvida no dia a dia, em bares, prédios, locais públicos, deveria ser mais valorizada. Uma banda com sua energia diferente, com músicas gostosas para ser ouvidas. Apanhador só deveria ser declarada patrimônio público brasileiro.

Continue Reading
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortugueseSpanish